Notícias
energia

Hidrelétricas poluem quatro vezes mais que o estimado

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 14/07/2011

De acordo com o relatório Emissões de Gases de Efeito Estufa dos Reservatórios de Hidrelétricas: Implicações de uma Lei de Potência, produzido pelo Inpa - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e pelo IC3 - Instituto Catalão de Ciências do Clima, as hidrelétricas emitem na atmosfera cerca de quatro vezes mais gases de efeito estufa do que apontam pesquisas anteriores sobre o assunto. 

As diferenças nos resultados científicos estariam ligadas ao fato de que os estudos anteriores levavam em conta, apenas, as emissões de CO2 causadas pelas atividades das hidrelétricas e ignoravam a liberação de partículas de metano na atmosfera, que contribui em maior escala para o aquecimento global

Quem garantem são os pesquisadores que produziram o novo relatório, Salvador Pueyo e Philip Fearnside, que ainda afirmam que as hidrelétricas situadas em regiões de clima tropical são as que mais emitem metano, chegando a liberar quantidades similares a de uma central termoelétrica

A intenção do estudo é questionar o título de "fonte de energia limpa" dado às hidrelétricas e fomentar a discussão sobre o impacto da construção de novas usinas em diversos lugares do mundo. 

Veja o relatório Emissões de Gases de Efeito Estufa dos Reservatórios de Hidrelétricas: Implicações de uma Lei de Potência, na íntegra.

comments powered by Disqus