Notícias
sustentabilidade

Greenbuilding: o apelo social nas construções

Sucena Shkrada Resk - Planeta Sustentável - 29/08/2011

A construção sustentável não existe sem atender o aspecto social do empreendimento. Essa é a visão defendida por Rick Fedrizzi, presidente e fundador da USGBC - US Green Building Council, nos EUA. Ele foi um dos palestrantes, nesta manhã, do Greenbuilding Brasil - Conferência Internacional & Expo 2011*, em São Paulo, que será realizado até o próximo dia 31.

"Não é somente a questão do negócio, mas o aspecto pessoal (humano). No caso do atendimento às comunidades de baixa renda, é importante o desenvolvimento do design sustentável", disse. Como exemplo, citou as readequações que estão sendo feitas em unidades escolares norte-americanas, um universo de 99 mil escolas. "As condições de muitas delas retraem as crianças e 65% podem ser melhoradas". Para ele, ações em escolas brasileiras, como a João XXIII, vem de encontro a essa concepção. Lá a comunidade escolar se envolve para aproveitar o espaço, para a produção de hortas, que gerará alimento para os próprios alunos.

Fedrizzi também relatou outra experiência - a do Projeto Haiti - em desenvolvimento no país, que ainda tenta se recuperar do terremoto do início do ano. "Apesar de ser uma ação relativamente pequena, a iniciativa é uma inspiração e visou a construção de um orfanato com certificação LEED - Leadership in Energy and Environmental Design, em Porto Príncipe. Com o apoio de um parceiro não-governamental, deverão ser iniciadas as atividades na unidade", disse.

Em qualquer uma das circunstâncias, para atender o mercado interno ou internacional, o executivo afirmou que é preciso pensar em escala global. "Por meio do LEED, foram certificados US$ 100 bi em empreendimentos, mas há cerca de US$ 1 bi em construções a serem remodeladas". Já no Brasil, há um total de R$ 27,5 bi em projetos verdes, de acordo com Fedrizzi. "

*Greenbuilding Brasil 

Leia também:
MMA conta como começou a adequar seu prédio
Greenbuilding: certificação LEED deve ser ampliada

comments powered by Disqus