Notícias
união do bem

Google e avião Solar Impulse fazem parceria

Vanessa Daraya - Info.com - 16/09/2013

[img1]

[box-leia]O Google fechou uma parceria com o Solar Impulse. A estratégia é um passo importante para o avião solar suíço atingir seu objetivo de dar a volta ao mundo em 2015 apenas com energia solar.

Agora, Solar Impulse vai alavancar suas atividades no mundo digital por meio de várias plataformas do Google, como YouTube, Google+, Google Glass e Google Earth, a fim de se comunicar melhor com os patrocinadores e com o público em geral.

O Google+ terá a página oficial do Solar Impulse nas redes sociais. A equipe fará Hangouts durante as missões de voo para manter o público atualizado e mais próximo dos pilotos.

Segundo Bertrand Piccard e André Borschberg, cofundadores do Solar Impulse, a parceria é uma oportunidade única de promover e compartilhar valores como pioneirismo, inovação, excelência em engenharia e tecnologias limpas que permitem proteger os recursos naturais.

Em nota, os cofundadores afirmaram que, com o Google a bordo, o alcance com o público, com as gerações mais jovens, a mídia e as empresas será significativamente melhorado.

SOLAR IMPULSE
O avião Solar Impulse, movido apenas pela energia do sol, tem como objetivo inspirar e motivar a população mundial. Segundo Bertrand Piccard, o objetivo é mostrar que com tecnologias limpas, uma boa equipe e uma visão pioneira, é possível fazer o que muitos consideram impossível.

O Solar Impulse pesa 1,6 tonelada e tem uma envergadura de mais de 63 metros, equivalente a um Boeing 747. O avião é composto por fibras de carbono e alimentado por 12 mil células fotovoltaicas, capazes de produzir eletricidade suficiente para recarregar sua bateria de lítio de 400 quilos.

Lançado em 2003 na Suíça, o avião fez seu primeiro voo em junho de 2009. No ano seguinte, o realizou um voo sem escala de 26 horas, mostrando sua capacidade para acumular energia suficiente de dia para poder voar à noite. Em 2011, completou seu primeiro trajeto internacional entre Bélgica e França e, em junho de 2012, seu primeiro périplo transcontinental de 2.500 km entre Madri e Rabat, Marrocos, em 20 horas.

Após várias missões de testes, os dois pilotos planejam, agora, uma volta ao mundo em 2015, com uma versão melhorada da aeronave que já começou a ser construída.