Notícias
frank rowland

Morre descobridor do buraco na camada de ozônio

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 12/03/2012

 [box-leia][img1]O americano Frank Sherwood Rowland, responsável pelo descobrimento do buraco na camada de ozônio, morreu neste final de semana, aos 84 anos, por conta de complicações do mal de Parkinson. 

Rowland era professor da Universidade da Califórnia, em Irvine, e foi ganhador do prêmio Nobel de Química, em 1995, junto com os cientistas Mario Molina e Paul Crutzen, por conta de suas pesquisas a respeito do buraco na camada de ozônio. 

Foi graças aos estudos de Rowland e seus colegas que, na década de 90, o uso do Clorofluorcarbono (CFC) - substância usada em aerossóis que decompõe o ozônio na atmosfera - foi banido por uma resolução da ONU.