Notícias
segurança alimentar

FAO aprova orçamento para os próximos dois anos

Renata Giraldi - Edição: Graça Adjuto - Agência Brasil - 05/07/2011

A conferência da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) aprovou ontem (4) um aumento de 1,4% no orçamento da instituição para o período de 2012 a 2013. Será cerca de R$ 1 bilhão para este biênio. A FAO aguarda mais US$ 1,4 bilhão em contribuições voluntárias dos países que integram o órgão e parceiros para o próximo biênio.

A partir de 1º de janeiro de 2012, o novo diretor-geral do órgão será o ex-ministro brasileiro de Segurança Alimentar José Graziano. Para os analistas, o reajuste nos valores é uma sinalização positiva para a gestão de Graziano, que terá de enfrentar a crise da alta de preços dos alimentos e o desafio de vencer a fome nos países em desenvolvimento.

Apesar das dificuldades, o atual diretor-geral da FAO, Jacques Diouf, disse que a consciência dos líderes e empresários em investir mais em agricultura e alimentação vem aumentando.

"Estou convencido que depois da crise de 2007 e 2008 há maior consciência da necessidade de investir mais na agricultura. Especialmente em países pequenos onde vivem mais de 1 bilhão de famintos ", disse Diouf.

Para Graziano, as alternativas para combater a fome estão baseadas no incremento dos programas de incentivo à agricultura - de pequeno e médio porte -, assim como nos projetos de transferência de renda visando à qualidade de vida, aperfeiçoando os sistemas de educação e saúde.

comments powered by Disqus