Notícias
Agência de Notícia da Petrobras Estação científica do Brasil na Antártida é movida a etanol
energia limpa

Brasil: estação científica na Antártida é movida a etanol

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 16/01/2012

A Estação Antártica Comandante Ferraz - construída na década de 1980 pelo Brasil, na Antártida, e operada pela Marinha do país - está funcionando desde a última semana a partir de eletricidade produzida por um motogerador a etanol

O equipamento, que ainda não está trabalhando com toda a sua capacidade, irá suprir completamente a demanda energética da Estação, que possui 13 laboratórios destinados ao estudo das ciências biológicas, atmosféricas e químicas e, até o ano passado, funcionava a partir de energia produzida por motogeradores a diesel. 

De acordo com a Petrobras, que irá fornecer o etanol necessário para o funcionamento dos novos geradores, é a primeira vez que um país utiliza biocombustível para a produção de energia na Antártida, onde as temperaturas são baixíssimas. 

A empresa se comprometeu a fazer acompanhamento tecnológico permanente no local, para garantir a eficiência do uso do etanol em condições climáticas severas.

comments powered by Disqus