Notícias
pesquisa

Esgoto pode virar energia

Paula Rothman - INFO Online - 02/05/2011*

Pesquisadores canadenses anunciaram esta semana que pretendem desenvolver um sistema que converte fezes humanas em energia com financiamento da fundação Bill & Melinda Gates.

No que poderia ser chamado de privada ecológica, os dejetos também virariam substâncias úteis à agricultura, por exemplo.

Os engenheiros químicos da Universidade de Calgary foram um dos 85 grupos que receberam a quantia de US$100 mil oferecida pela 6ª rodada do Grand Challenges Explorations, iniciativa patrocinada pela fundação de Bill Gates.

Com o dinheiro, os Drs Ian Gates e Michael Kallos irão desenvolver a máquina que chamam de “Microdigestor anaeróbio com Calor Termoelétrico micro combinado a geração de Energia para Converter Dejetos humanos em Eletricidade, Calor, Metano, Fertilizante e Água”.

A ideia é criar pequenas unidades residenciais, como privadas, que contenham embutidas câmaras de reação nas quais os processos químicos possam ser realizados. Bactérias e reagentes transformariam o material fecal e a urina em substâncias úteis para a agricultura e geração de energia – como o gás metano, que poderia ser queimado. A água sairia como bioproduto dessas reações.

Segundo os autores do projeto, o desafio está em combinar tecnologias já existentes de uma nova maneira para transformar algo que é normalmente um problema de saúde e sanitário em algo de valor para a comunidade.

O projeto ganhou a bolsa por se encaixar em uma das cinco áreas propostas pelo GCE: erradicação da poliomelite, HIV, saneamento básico, tecnologias de saúde familiar, e saúde mobile.

A Grand Challenges Explorations apóia cientistas e pesquisadores do mundo todo. Uma nova rodada começará em 19 de maio. Aqueles projetos financiados e bem sucedidos podem receber US$1 milhão em uma bolsa adicional.

*publicada em 30/04

comments powered by Disqus