Notícias
animais

Elefante preso há 50 anos chora de emoção ao ser libertado

Vanessa Daraya - INFO Online - 10/07/2014

[img1]

[box-leia]O elefante Raju passou 50 anos preso por correntes repletas de pregos. Foi mantido em cativeiro na Índia e agredido por seus donos. Quando percebeu que estava livre após tanto tempo de sofrimento, o animal chorou de emoção. 

Raju foi capturado em ambiente selvagem quando ainda era um filhote e foi vendido. Pooja Binepal, porta-voz da ONG Wildlife SOS UK, responsável pelo resgate, disse ao Daily Mail que Raju foi tratado como uma mercadoria durante sua vida. Ao que tudo indica, ele já teve 27 proprietários. 

O elefante ficava preso 24 horas por dia e era usado pelo dono para ganhar a atenção de turistas na Índia. Raju era apresentado pelo proprietário como uma entidade que dava bênçãos em troca de gorjetas. 

Uma das patas de Raju ficava presa por correntes pontiagudas que machucavam sua pele. Por não conseguir se locomover direito, o elefante desenvolveu artrite crônica. Segundo veterinários, Raju estava faminto e apresentava sinais de espancamento. Por não ser alimentado corretamente, ele chegou a comer papel e plástico na tentativa de disfarçar a fome. 

Raju foi salvo por um grupo de resgate apoiado pela polícia e pelo goveno. A equipe, que tinha autorização judicial, era composta por veterinários, especialistas em vida selvagem e guardas-florestais. O dono do animal ainda tentou impedir a entrada do caminhão que fez o resgate, mas não tinha documentos que provassem que a posse do animal era legal. 

[img2] 

Em nota, a ONG afirmou que a equipe demorou até ganhar a confiança de Raju. Depois de várias horas, o elefante cedeu e foi transportado em um caminhão até o Centro de Conservação e Manejo de Mathura, onde vivem outros elefantes. Os voluntários afirmaram que quando Raju percebeu que estava livre de correntes foi possível ver lágrimas escorrendo de seus olhos. 

Agora, Raju passa por um longo processo de reabilitação, em que também aprenderá a restaurar sua confiança nos seres humanos. Ele está sendo alimentado para que recupere sua saúde. Os veterinários também estão cuidando de suas feridas.

Tags: