Notícias
danos irreparáveis

Desastres naturais são responsáveis por perda de R$ 300 bilhões e de 25 mil pessoas, em 2013

Redação* - Planeta Sustentável - 16/01/2014

[img1]

[box-leia]

*Colaborou Jéssica Miwa

O ano de 2013 foi importante para a luta contra o aquecimento global. Um dos principais avanços foi o lançamento da primeira parte do relatório do IPCC - Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, que confirma a participação do homem nas mudanças climáticas. Mesmo assim, aproximadamente U$ 130 bilhões - o que equivale a mais de 300 bilhões de reais - foram gastos para reparar estragos causados por catástrofes naturais, estima prévia de estudo realizado pela seguradora Swiss Re.

Quando comparado com 2012, o cenário é favorável: houve redução de quase 33,7% no orçamento. A pesquisa mostra que grande parte dos gastos do ano passado reparou danos de enchentes, principalmente, na Europa e no Canadá.

Ainda de acordo com o estudo, os desastres naturais mataram 25 mil pessoas - mais de 7 mil só nas Filipinas, por causa do Tufão Haiyan (veja imagens) -, quase o dobro de vítimas do ano anterior, que contabilizou 14 mil vidas perdidas.

comments powered by Disqus