Notícias
semana martin luther king

Dennis Watlington participa do 87º Fórum do Comitê Cultura de Paz

Mônica Nunes/Ana Luíza Vastag - Planeta Sustentável - 11/04/2011

Em comemoração a 8ª Semana Martin Luther King, que a Associação Palas Athena celebra com o apoio institucional da UNESCO e a parceria do Consulado Geral dos Estados Unidos, o Professor Dennis Watlington vem ao Brasil para o 87º Fórum do Comitê Cultura de Paz. Sua admiração por Martin Luther King e o impacto da luta não violenta pelos direitos civis dos negros norte-americanos tiveram papel decisivo em sua história pessoal. Cineasta, ator, palestrante motivacional e autor, entre outras, da obra The Untold West: the Black West, pela qual recebeu o prestigioso prêmio Emmy, Dennis escreveu também muitos roteiros de filmes para a TV e para o cinema,  incluindo All My Children, One Life to Live, e The City da rede ABC.

Martin Luther King não apenas libertou os negros dos EUA, mas se dedicou e se comprometeu com o avanço da liberdade social de seu país. Sua visão inclusiva abriu as portas, permitindo que um novo e diverso conceito de cidadania emergisse. Desde os negros sob o regime de um verdadeiro apartheid, passando pelas mulheres com poucas chances de exercer atividades além dos trabalhos domésticos, até os asiáticos, latinos e a população gay, grupos que ainda sofrem com o preconceito, a obra de Martin Luther King Jr. criou, passo a passo, caminhos para a construção da liberdade, um dos elementos mais importantes da paz. 

Atualmente, nos movimentos de libertação em países do Oriente e norte da África, se faz sentir o poder das lutas sociais inspiradas em vias não violentas que buscam o diálogo e fundamentalmente salientam a dignidade da vida humana, que não deve ser objeto de negociação, visto que a consciência não pode ser comprada nem a liberdade negociada.

12 de abril de 2011 - terça-feira, às 19h
Auditório do MASP - Museu de Arte de São Paulo
Avenida Paulista, 1578 - São Paulo / SP - Estação Trianon-MASP do metrô
Entrada franca

comments powered by Disqus