Notícias
perda de vegetação

Degradação florestal na Amazônia continua crescendo

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 17/09/2013

[img1]

[box-leia]Boletim divulgado pelo Instituto do Homem e do Meio Ambiente (Imazon) nesta terça-feira (17) aponta que a degradação florestal na Amazônia Legal aumentou 53% em agosto de 2013, em comparação com o mesmo período do ano interior. 

A prática na região - causada, entre outras atividades, pela exploração madeireira insustentável - degradou 92 km² de floresta, contra 60 km² em agosto de 2012. O último boletim do Imazon já havia acusado aumento de 237% na degradação florestal da Amazônia em julho de 2013. 

BOAS NOTÍCIAS
Por outro lado, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) detectou 185 km² de área desmatada, o que representa redução de 20%, em relação a agosto de 2012. Novamente os estados do Pará (41%) e Amazonas (28%) aparecem como os principais responsáveis pela devastação na região. 

De acordo com o Imazon, devido à cobertura de nuvens, foi possível monitorar 80% da área florestal da Amazônia Legal no período. Em 2012, 84% do território foi monitorado pelo SAD. 

Confira o Boletim de Desmatamento do Imazon, referente a agosto de 2013.

comments powered by Disqus