Notícias
inovação

Deficientes visuais podem 'sentir' quadros mais famosos da humanidade em museu de Madri

Gabriel Garcia - INFO Online - 12/03/2015

[img1][box-leia]O Museu do Prado, em Madri, criou uma exposição voltada para deficientes visuais. Na mostra Hoy Toca el Prado*, os visitantes podem passar a mão e sentir a superfície das réplicas, em altíssima definição e três dimensões, de alguns dos quadros mais famosos da humanidade. Entre as obras da mostra, estão quadros de Goya, Da Vinci, El Greco e Velázquez.

As reproduções são resultado de um novo processo de impressão desenvolvido por pesquisadores espanhóis, chamado Didú. No processo, os objetos físicos que "saltam do quadro" são construídos a partir de um método semelhante ao usado por uma impressora 3D, mas utilizando uma nova técnica química.

Após a imagem em alta definição da pintura ser escaneada, a Didú seleciona as texturas e volumes mais adequados para serem reproduzidos e que podem guiar a mão de um deficiente visual. Depois de quarenta horas de trabalho, os elementos definidos são impressos com uma tinta especial. Então, é aplicado o método químico para gerar volume em elementos inicialmente planos.

O resultado final é uma versão bastante similar ao quadro original, mas que pode ser tocada. No total, os visitantes da exposição podem sentir seis pinturas, algumas do Museu do Prado e outras de fora, como a Monalisa de Da Vinci, acompanhadas de placas em braile e audioguias que fornecem mais informações sobre as obras.

A exposição "Hoy Toca el Prado" ficará aberta até 28 de junho no Museu do Prado, em Madri.

*Hoy Toca el Prado

comments powered by Disqus
Tags: