Notícias
pesquisa

Chuva na Amazônia depende da temperatura dos oceanos

Marina Franco - Planeta Sustentável - 30/06/2011

Uma pesquisa divulgada pelo Inpa – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia* revelou que temperaturas anormais dos oceanos Pacífico e Atlântico equatoriais estão associados a mudanças no regime de chuvas na Amazônia. Através de análises observacionais e simulações com modelo climático, foi constatado que em anos em que ocorre o fenômeno El Niño – aquecimento no Pacífico – há uma inibição na formação de nuvens propensas a chuvas na região amazônica.

Quando o El Niño coincide com o Atlântico tropical frio, as chuvas que caem durante o período também podem se intensificar ou diminuir. Isso ocorre porque os ventos, que transportam a umidade para a Amazônia, são gerados por diferenças nas condições de aquecimentos entre oceanos e continentes.

A pesquisa também concluiu que qualquer mudança nos sentidos dos ventos sobre a bacia do Atlântico tropical interfere, para mais ou para menos, no regime de chuvas da região.

Já nos períodos em que ocorre o La Niña, o regime de chuvas fica acima da média, pois as águas do Oceano Pacífico esfriam e as do Oceano Atlântico esquentam. É o que está acontecendo desde o final do ano passado.

A pesquisa foi realizada pela aluna de Pós-Graduação em Clima e Ambiente do Inpa e da Universidade do Estado do Amazonas, Rosimeire Araújo, e orientada pelos pesquisadores Luiz Candido e Rita Valéria Andreoli. 

*Inpa

comments powered by Disqus