Notícias
fonte renovável

Chile produzirá combustível a partir de plantas aquáticas

Marina Franco - Planeta Sustentável - 13/02/2012

Neste ano, o Chile começará a cultivar plantas aquáticas em massa com a finalidade de produzir combustível renovável e alimento para alguns animais. A tecnologia que permite esta fabricação foi patenteada no ano passado pela multinacional PetroAlgae.

A empresa estudou as propriedades de plantas pequenas que crescem em águas paradas de lagos e rios e chegou à obtenção de óleo refinado e de proteínas para consumo de bichos como porcos, aves e peixes.

O cultivo dos microorganismos tem custo menor do que tecnologias mais sofisticadas. Além disso, o sistema que produz o combustível renovável é simples. Bastam um terreno – para as piscinas onde as plantas se reproduzem em um ou dois dias – e uma máquina para a desidratação das espécies aquáticas, processo que gera o óleo e a proteína de consumo animal.

O sistema de produção tem outra vantagem ambiental: estima-se que cada hectare de plantas consuma entre 100 e 120 toneladas de dióxido de carbono. A PetroAlgae construiu uma pequena fábrica perto da cidade de Santiago e já implementou o sistema em países como Tailândia, Suriname e Equador.

comments powered by Disqus