Notícias
biocombustíveis

Casca de eucalipto pode ser matéria-prima para o etanol

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 31/05/2011

Estudo realizado por pesquisadores da USP - Universidade de São Paulo revelou que é possível produzir etanol a partir dos resíduos de casca de eucalipto que sobram do processo de produção de papel e, também, de celulose

Segundo a pesquisa, cada hectare de eucalipto é capaz de fornecer matéria-prima para a produção de 2,6 mil litros de etanol. No Brasil, atualmente, existem mais de 4,5 milhões de hectares de floresta de eucalipto, destinados à fabricação de papel e celulose, que podem gerar resíduos capazes de produzir cerca de 11,7 bilhões de litros de etanol. 

A intenção dos pesquisadores é divulgar o estudo para que em, no máximo, 10 anos o etanol de casca de eucalipto chegue ao mercado brasileiro, reforçando o setor dos biocombustíveis no país. 

A próxima apresentação da pesquisa será feita na 6ª edição do Congresso Internacional de Bioenergia, que acontecerá em agosto, na cidade de Curitiba, e contará com a presença de especialistas, do Brasil e do mundo, em energias renováveis

Leia também:
Enzimas da floresta
 
A hora da verdade para o etanol 
Um lobby exemplar para o etanol 
Etanol brasileiro pode reduzir efeito estufa 
70 questões para entender o etanol 

comments powered by Disqus