Notícias
Wikimedia Commons
tecnologias verdes

Brasil ganha primeiro estádio com energia solar

Vanessa Daraya - INFO Online - 12/04/2012

A Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia), distribuidora do Grupo Neoenergia, inaugurou na terça-feira (10) a primeira unidade do projeto que deseja tornar o estádio Governador Roberto Santos, em Salvador, capaz de gerar energia solar.

O estádio, também conhecido como Estádio de Pituaçu, é candidato a ser Centro de Treinamento da Copa do Mundo 2014. A instalação do sistema torna o estádio o primeiro do Brasil com esse tipo de tecnologia. Isso também vai proporcionar uma economia de cerca de 120 mil reais por ano ao governo da Bahia.

O projeto Pituaçu Solar custou 5,5 milhões de reais. Desse investimento, 3,8 milhões de reais são da Coelba. O outro 1,7 milhão de reais é do Governo do Estado da Bahia.

A usina tem capacidade de gerar 400 kWp, medida de potência para geração fotovoltaica. Esse valor gera de energia elétrica 630 MWh por ano. A energia gerada deverá ser usada no estádio durante o dia. A produção excedente irá para a rede da Coelba.

Houve apoio técnico da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, assim como da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e do Instituto Ideal.

Além da economia por meio do sistema solar fotovoltaico, a Coelba irá trocar os projetores do Estádio de Pituaçu para melhorar o rendimento do fluxo luminoso. O investimento será de 845 mil reais, com uma economia de 73 MWh por ano.

comments powered by Disqus