Notícias
estandes de livros

Bibliotecas móveis espalham livros pelo Paraná

Redação - Casa.com - 28/06/2013

[img1]

[box-leia]Um estande com cores fortes se destaca na estação de ônibus Pinheirinho, em Curitiba. Seu design lembra aquelas lojas montadas no meio dos shopping centers. Mas não é possível comprar nada por ali. A Estação da Leitura empresta livros para os passageiros que não gostam ou acham difícil ir à biblioteca.

Mas lá não é o único lugar onde se encontram pontos de leitura na cidade. Quem passeou pelos parques de Curitiba neste verão, topou com o biblioparque, uma tenda branca inflável cheia de livros. Toda a estrutura circulou dentro de um carro elétrico. A sala de leitura itinerante visitou três parques na capital paranaense. Dava para pegar o livro emprestado e depois devolver em qualquer biblioteca pública.

As praias do estado também ganharam livros. Na última temporada, cinco estandes sobre rodas deixaram cada um 1,2 mil títulos mais próximos dos banhistas. Foram instalados bibliopraias nas cidades de Caiobá, Guaratuba, Pontal do Paraná e Paranaguá.

[img2]

O design dos pontos de leitura é obra da agência Komm Design Strategy, por encomenda da prefeitura de Curitiba e do governo do Paraná. Apesar de diferentes, o design dos três objetos precisava atender exigências parecidas: ser fácil de transportar e destacar-se visualmente em ambientes movimentados. Além disso, quando abertos, deveriam facilitar a visão dos livros. As identidades visuais dos estandes têm a ver com a comunicação visual da Secretaria de Cultura do Paraná e da Fundação Cultural de Curitiba, ligada à prefeitura.

"Acho que nossa causa é levar a leitura às pessoas", diz Fábio Calzavara, um dos designers envolvidos com o projeto. "O Brasil é um país com poucos leitores. A ideia é estimular a leitura da população brasileira".Com o bliblioparque, a Komm recebeu o prêmio internacional IF Communication Design Award, na Alemanha. Já a Estação de Leitura recebeu prata no prêmio Idea/Brasil 2012.

A equipe planeja expandir o projeto para quatro outros terminais. Dessa vez, com o patrocínio de empresas privadas. Vale à pena abraçar a causa: em média, o brasileiro lê um livro por ano, excluindo aqueles que a escola o obriga, segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada pelo IBGE em 2012. A mesma pesquisa descobriu que 75% dos brasileiros nunca pisaram numa biblioteca. Desse público, 70% sabe da existência de uma biblioteca pública na sua cidade e dizem ter fácil acesso a ela.