Notícias
alerta

Ki-moon pede ação urgente contra mudanças climáticas

Marina Franco - Planeta Sustentável - 08/09/2011

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, declarou hoje que é necessária uma ação urgente para combater as mudanças climáticas. Ele citou problemas como a fome no Chifre da África - região que engloba Somália, Etiópia, Djibouti e Eritreia - e as inundações devastadoras no nordeste da Austrália como exemplos de sofrimentos causados pelo aquecimento global. "Essa é uma corrida global para salvar o planeta", alertou.

Ki-moon falou à imprensa na Universidade de Sydney, na Austrália, onde está para as reuniões do Fórum das Ilhas do Pacífico. Ele também visitou as Ilhas Salomão e Kiribati, nações ameaçadas pela elevação do nível do mar. "Assistindo a essa maré alta na praia de Kiribati, eu digo ‘maré alta mostra que está na hora de agir’. O tempo está acabando", afirmou.

A visita de Ki-moon ao Pacífico antecede a reunião da COP17 - 17ª Conferência das Partes da Convenção de Mudanças Climáticas da ONU, que será realizada em novembro, em Durban, África do Sul, e reunirá delegados de 193 países para tentar chegar a um acordo global sobre o clima.

O secretário-geral também criticou os céticos sobre as alterações climáticas, argumentando que elas foram provadas pela ciência.

comments powered by Disqus