Notícias
cinema

'Baleia mais solitária do mundo' será estrela de documentário financiado por Leonardo DiCaprio

Redação - Veja.com - 19/05/2015

[img1][box-leia]Após colaborar com o documentário "Virunga", sobre a situação de gorilas em reservas africanas e indicado ao Oscar deste ano, o ator Leonardo DiCaprio mira a conservação das baleias. Ou melhor, apenas uma: "a baleia mais solitária do mundo". A ideia do filme, em fase de pré-produção, é encontrar o animal, que apenas é ouvido e jamais foi visto. E cujo canto (o característico e encatador som emitido pelas baleias) é diferente de todos os outros já ouvidos na natureza.

Também conhecido como "baleia dos 52 Hertz", o exemplar foi descoberto em 1989 por cientistas do Instituto Oceanográfico Woods Hole, nos Estados Unidos. Eles ouviram um canto de frequência mais alta que o comum para baleias, que costumam ter entre 10 e 39 Hertz (Hz). Apelidada de "52 Hz", por emitir o som nessa frequência estranha para a espécie, a baleia desconhecida foi ouvida novamente em 1990 e 1991 e os cientistas a escutam anualmente desde 2004.

Seguindo seu canto, perceberam que ela se move em um padrão semelhante à baleia azul (o maior animal da Terra), mas em algumas épocas do ano parece seguir baleias menores. Por isso, ainda não se tem ideia a qual espécie pertence. Só que nada sozinha. Ela pode ser detectada entre agosto e dezembro no Oceano Pacífico e em seguida viaja para o arquipélago Kodiak, ao Norte, ou para a costa da Califórnia, no Sul. Porém, jamais foi vista.

O objetivo da equipe de filmagem, que incluem o ator americano Adrian Grenier e o diretor Joshua Zeman, é documentar a busca, mapeando a ação humana nos oceanos que pode ter feito com que o animal se separasse de outros da sua espécie. Para financiar as gravações, Grenier e Zeman lançaram o projeto na popular plataforma Kickstarter e, em março, levantaram 400 mil dólares, sendo 50 mil dólares de DiCaprio.

Em setembro do ano passado o ator, produtor e filantropo DiCaprio discursou na Cúpula do Clima, em Nova York, pedindo medidas urgentes contra as mudanças climáticas. Ele tem se mostrado preocupado com temas ambientais. No início de março, DiCaprio e a Netflix anunciaram a retomada da parceria feita em Virunga, para que o ator seja produtor de documentários sobre temas como preservação de espécies e meio ambiente lançados no serviço de streaming. O acordo abrange documentários originais e séries documentais. A equipe de produção do filme sobre a baleia dos 52Hz ainda não revelou se ele será visto nos cinemas ou no canal online.

"BALEIÊS"
Além do canto da "baleia mais solitária do mundo", a "voz" das baleias e o objetivo de seu canto é um assunto que há décadas ocupa cientistas. Nesta segunda-feira (18), pesquisadores da Universidade Syracuse, em Nova York, mostraram que cada baleia tem uma "voz" única. Medindo variáveis como o formato, a duração, a frequência e harmonia dos cantos, os biólogos conseguiram identificar treze baleias que vivem no Atlântico Norte. Como elas passam sua vida sob águas profundas e são raramente vistas, a identificação dos sons individuais pode ser útil para ajudar na preservação da espécie. Os resultados do estudo serão divulgados no encontro da Acoustical Society of America, em Pittsburgh, nos Estados Unidos.

comments powered by Disqus
Tags: