Notícias
Francisco Enríquez/NBII Image Gallery Aves voltam à Amazônia após extinção por desmatamento O papa-formiga-de-topete é uma das espécies que retornou à
Floresta Amazônia, depois de desaparecer do bioma por 20 anos
regeneração

Aves voltam à Amazônia após extinção por desmatamento

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 04/07/2011

O combate às práticas de desmatamento na Floresta Amazônica está ajudando a recuperar a biodiversidade que se extinguiu há mais de 20 anos por conta da exploração insustentável do bioma. 

A conclusão é de estudo do Inpa - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e da NSF - Fundação Nacional de Ciência dos Estados Unidos, que monitorou por 25 anos os impactos do desmatamento nas populações de aves que viviam no bioma e constatou que, nos últimos quatro anos, as espécies que haviam desaparecido do local há duas décadas, quando houve uma extinção local, estão retornando ao seu habitat natural. 

Segundo a pesquisa, 97 das 101 espécies de pássaros que foram monitoradas pelos cientistas já retornaram a, pelo menos, um fragmento de floresta que costumavam habitar antes das práticas de desmatamento, provando que a mata tropical tem potencial para recuperar sua biodiversidade, desde que pare de sofrer pressão antrópica

Os cientistas envolvidos no estudo - que analisou, apenas, as espécies de ave do sub-bosque, ou seja, que voam em uma altura intermediária na floresta - ainda garantem que o processo de recuperação da biodiversidade detectado pela pesquisa na Floresta Amazônica pode acontecer em qualquer ecossistema do mundo com matas tropicais, desde que haja esforços para combater as atividades humanas insustentáveis nessas regiões. 

Leia também:
Especial Birdwatching  

*Inpa 
*NSF 

comments powered by Disqus