Notícias
novo projeto

Apple planeja vender carros elétricos até 2020

Redação - Veja.com - 23/02/2015

[img1][box-leia]A Apple está trabalhando na construção de um carro elétrico que chegará ao mercado até 2020, de acordo com declarações de pessoas próximas ao site Bloomberg. Mantido em segredo há alguns meses, o projeto conta por enquanto com 200 funcionários, a maioria com experiência nos ramos de bateria e robótica, afirmou na sexta-feira (20) a publicação americana.

O tempo de execução sugere uma campanha agressiva da empresa de Tim Cook: hoje uma montadora consolidada demora de cinco a sete anos para lançar um modelo novo. Se a previsão se concretizar, o automóvel da estreante Apple deve competir com os carros de Tesla e General Motors, que trabalham há anos para lançar em 2017 um veículo movido à eletricidade capaz de andar mais de 320 quilômetros com uma única carga e com preço menor de US$ 40 mil.

A notícia do carro da Apple, que vem sendo alimentada por rumores desde a semana passada, rende opiniões controversas no setor automobilístico. Em declaração à Bloomberg nesta quinta, o CEO aposentado da General Motors, Dan Akerson, posicionou-se contra o projeto da fabricante de iPhones e iPads, afirmando que a empresa não tem noção do quanto é complexo e pouco lucrativo fabricar automóveis. Em tom pouco amistoso, sugeriu que a empresa focasse apenas nos sistemas de entretenimento que podem ser acoplados nos carros.

CONTRATAÇÕES A TODO VAPOR
O site 9to5Mac, especializado em notícias de bastidores da Apple, divulgou nomes de dezenove pessoas da indústria automobilística que estão trabalhando na construção de um carro elétrico da marca americana. De acordo com a publicação, o líder da equipe é Steve Zadesky, ex-engenheiro da Ford, que comandará outros nomes notáveis do setor, como Johann Jungwirth, ex-CEO da área de pesquisa e desenvolvimento da Mercedes-Benz, e David Nelson e David Perner, ex-engenheiros da Tesla Motors e da Ford, respectivamente.

Engenheiro mecânico de formação, Zadesky está na Apple desde 1999 e ajudou a criar várias patentes para iPods e iPhones. Antes, de 1996 a 1999, trabalhou como engenheiro na Ford, experiência que lhe rendeu a confiança da direção da Apple para gerenciar a equipe. O projeto está sendo tocado em uma instalação secreta em Cupertino, na Califórnia, perto da sede oficial da empresa.

A pressa por contratações de especialistas está rendendo à Apple acusações de aliciamento de funcionários. Segundo a Reuters, a Apple estaria fazendo uma campanha injusta para levar os melhores engenheiros da A123 Systems, uma fabricante americana de baterias para carros elétricos. A companhia menor formalizou um processo contra a gigante nessa semana em Massachussets, nos Estados Unidos. A empresa de Tim Cook ainda não deu nenhum pronunciamento oficial sobre o caso - tampouco sobre o projeto.

comments powered by Disqus
Tags: