Notícias
fauna brasileira

Animais selvagens são tema de curso de pós-graduação na Unesp

Redação - Agência Fapesp - 29/04/2015

[img1][box-leia]A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu, está concluindo a criação do Programa de Pós-Graduação em Animais Selvagens, nos níveis Mestrado e Doutorado.

O novo programa já foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Iniciará suas atividades com conceito 4, conferido pela Capes a partir de avaliação de critérios como produtividade científica do corpo docente, estrutura disponível e o ineditismo da proposta.

De perfil multiprofissional e interdisciplinar, o programa busca atender, em especial, aos profissionais graduados em Medicina Veterinária, Medicina, Biologia, Zootecnia, Odontologia e Farmácia-Bioquímica, com atividades relacionadas à importância da preservação ambiental e da saúde animal e humana, educação, equilíbrio do ecossistema e a necessidade de atenção às espécies ameaçadas de extinção.

Conta com uma área de concentração – Clínica Cirúrgica, Saúde e Meio ambiente –, com duas linhas de pesquisa: Cirurgia, Anatomia e Diagnóstico por Imagem e Clínica, Conservação e Preservação.

“O corpo docente será constituído por 12 profissionais das áreas de Medicina Veterinária, Biologia e Medicina, todos em regime de dedicação exclusiva à docência”, explica a professora Sheila Canevese Rahal, responsável pela proposta do Programa.

A infraestrutura de ensino e pesquisa para o desenvolvimento do Programa é formada pelo Centro de Medicina e Pesquisa de Animais Selvagens (Cempas) e outras instalações do Hospital Veterinário de FMVZ da Unesp Botucatu; laboratórios do Instituto de Biociências, tais como Anatomia e Genética, entre outros, e por parcerias com o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, em Sorocaba, e Centro Flora de Botucatu.

“O Programa aguarda o trâmite de questões administrativas no âmbito da Unesp e deverá iniciar suas atividades no segundo semestre de 2015”, prevê Rahal.

comments powered by Disqus
Tags: