Notícias
jornalismo ambiental

André Julião e Liana John, da NG Brasil, são finalistas de prêmio de reportagem sobre Mata Atlântica

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 27/09/2013

[img1]

[box-leia]Os jornalistas André Julião e Liana John são finalistas do Prêmio de Reportagem sobre Mata Atlântica, promovido pela Aliança para a Conservação da Mata Atlântica. Ambos concorrem na categoria Revista por trabalhos publicados na National Geographic Brasil, da Editora Abril, que é parceira do Planeta Sustentável

André Julião foi selecionado pela reportagem Ilha do medo, publicada em maio de 2012, a respeito da ilha da Queimada Grande, um rochedo de granito, forrado de Mata Atlântica, onde não há sequer fontes de água potável e vivem, apenas, cobras e aranhas venenosas. 

Já Liana John, que também é autora do blog Biodiversa, do Planeta, foi escolhida como finalista do prêmio pela reportagem Os bons frutos da economia verde. Publicada no mês da Rio+20, em junho de 2012, a matéria dava exemplos de como o Brasil poderia conciliar produção e conservação da biodiversidade e ser protagonista na conferência das Nações Unidas. 

Os vencedores da iniciativa - que ainda possui outras duas categorias: Jornal Impresso e Televisão - serão anunciados em cerimônia oficial, que acontece em 09/10, em São Paulo. Os ganhadores receberão prêmio em dinheiro, certificado e troféu. Confira todos os finalistas do Prêmio de Reportagem sobre Mata Atlântica.

comments powered by Disqus