Notícias
meio ambiente

Alunos participam de concurso de educação ambiental

Alana Gandra - Edição: Graça Adjuto - Agência Brasil - 07/11/2011

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) está com inscrições abertas para o primeiro concurso de educação ambiental SustentaHabilidade, destinado a premiar peças de comunicação nas categorias foto, vídeo e cartazes, que abordem a relação entre consumo e lixo. As peças vencedoras poderão ser adotadas pelo governo fluminense em campanhas educacionais ligadas ao meio ambiente nas escolas do estado. Serão ao todo nove premiados, três em cada categoria.

O projeto Comunicação em Gestão de Resíduos Sólidos (Comgeres) foi idealizado pelo professor da área de comunicação social e relações públicas da universidade, Ricardo Freitas.

Aprovado pela direção da Uerj, o projeto foi apresentado à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e contemplado com recursos de R$ 49 mil. Ele faz parte da política de meio ambiente criada há dois anos pela Sub-Reitoria de Extensão e Cultura da Uerj.

Interessado na questão do consumo e sua relação com os resíduos sólidos, desde que concluiu o doutorado em 1993, Ricardo Freitas contou que o pontapé inicial do projeto foi uma pesquisa feita com alunos, professores e funcionários da Uerj, "para tentar entender a relação das pessoas com o lixo".

Com o apoio da Faperj, foi montado um laboratório para trabalhar o conceito do lixo na fase do pós-consumo, explicou. "As empresas, quando falam de responsabilidade social, e os teóricos, quando estão tratando de consumo, não vão além desse momento.A gente consome e aquilo, depois, vira lixo de algum tipo".

A verba da Faperj permitiu que o questionário inicial, feito com 200 pessoas da universidade, ganhasse as ruas, alcançando outras 650 pessoas em todo o estado.

"A gente percebeu que há certa consciência e preocupação com o meio ambiente, mas a questão lógica de que reduzindo o consumo reduz-se o lixo não aparece como óbvia para as pessoas. Por isso, achamos positivo incentivar os universitários da Uerj, que tem mais de 25 mil alunos de graduação, a criar algumas peças de comunicação que a gente possa depois oferecer ao governo para serem aplicadas nas escolas públicas. E trabalhar, portanto, com adolescentes. As peças têm um viés educativo, tentando trabalhar mais a ideia de que a redução do consumo também reduz o lixo, sem que isso vire uma coisa chata".

Freitas acredita que os adolescentes terão um papel importante a desempenhar na área de educação ambiental, reproduzindo essa ideia em suas casas.

As inscrições para o concurso SustentaHabilidade serão encerradas no dia 20 de dezembro. Os vencedores serão conhecidos em março de 2012. A comissão julgadora será integrada por representantes de diferentes segmentos da sociedade, ligados à reciclagem de materiais e a empresas envolvidas com o conceito de desenvolvimento sustentável.

comments powered by Disqus