Notícias
Ricardo Hantzschel Abelhas são bioindicadoras de poluição, aponta estudo
reino animal

Abelhas são bioindicadoras de poluição, aponta estudo

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 12/03/2012

Estudo realizado recentemente na Esalq - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP, revelou que as abelhas operárias podem ser excelentes bioindicadoras de poluição no solo, na água e no ar das regiões onde vivem. 

Isso porque esses animais realizam constantes viagens exploratórias ao redor de seus habitats - em busca de néctar, água e do pólen das flores - e, durante essas jornadas, acabam absorvendo ou ingerindo possíveis produtos químicos e partículas poluentes que estão presentes no ar. Essas substâncias, por sua vez, são transferidas para os produtos apícolas produzidos pelas abelhas "contaminadas", apontando para os pesquisadores se os locais onde vivem esses animais estão ou não poluídos. 

A pesquisa foi desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Entomologia da Esalq, pela bióloga Talita Antonia da Silveira, com orientação do professor Luís Carlos Marchini

Leia também:
Aeroportos vão utilizar abelhas 
Abelhas morrem e a culpa é dos celulares, diz cientista 
Desaparecimento de abelhas pode prejudicar produção de frutos no Brasil 

comments powered by Disqus