Notícias
reino animal

25% dos mamíferos estão em risco de extinção

Olavo Guerra - National Gepgraphic Brasil Online - 10/11/2011

A União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) divulgou hoje (10) a última atualização da lista vermelha de animais ameaçados de extinção da IUCN. O relatório aponta que 25% dos mamíferos do planeta estão no grupo que corre o risco de deixar de existir.

O rinoceronte-negro-do-oeste (Diceros bicornis longipes), subespécie que vivia no Oeste da África, foi considerado oficialmente extinto pela IUCN. O rinoceronte-branco (Ceratotherium simum cottoni), espécie que habita a região central da África, corre sério risco de seguir para o mesmo caminho.

Mas as notícias não são só ruins. A pesquisa aponta que o cavalo-de-przewalski (Equus ferus), considerado extinto da natureza pela lista, em 1996, agora tem uma população de cerca de 300 animais. 

Outra novidade da lista atualizada foi a de há duas espécies de raias-manta: a de recife (Manta alfredi) e a gigante (Manta birostris), e que ambas são classificadas como vulneráveis pela lista. A caça desse animal preocupa os especialistas, já que seus dentes internos são usados na medicina chinesa.

Entre os peixes, um dos que mais requer atenção, segundo os cientistas, é o atum. A lista mostra que cinco das oitos espécies do animal estão entre os ameaçadas ou quase ameaçadas.

Mais 26 anfíbios foram incluídos à lista nesta última atualização. O principal problema para a diminuição de algumas espécies de sapos e pererecas é a perda de hábitat e a captura para venda dos bichos.

comments powered by Disqus