ambiente
Divulgação

caça predatória

ONG processa exportadora por matança ilegal de tubarões

Com base em documentos apresentados pelo Ibama, o Instituto Justiça Ambiental está processando em cerca de R$ 1,4 bilhão a exportadora brasileira Sigel pela matança ilegal de, aproximadamente, 280 mil tubarões da costa amazônica. Segundo a ONG, a empresa captura, até mesmo, espécies em extinção para exportar suas barbatanas para o mercado asiático

Mônica Nunes/Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 03/08/2010


comments powered by Disqus