ambiente

crime

Máfia do carvão age na Bahia

No sul do estado, 3 000 pessoas vivem do roubo de eucalipto, que é convertido em carvão e, depois, consumido por siderúrgicas do Sudeste

Vinícius Segalla - Revista Veja - 11/05/2011


comments powered by Disqus