ambiente
JerineLay/Creative Commons

Mal devastador – Diabo-da-Tasmânia: a doença já matou 60% dos espécimes

extinção animal

Uma chance de evitar o fim

O câncer que mata o diabo-da-tasmânia surgiu em um só exemplar da espécie, há vinte anos. A descoberta pode ajudar a impedir o desaparecimento iminente desse animal

Laura Ming - Revista Veja – 13/01/2010


comments powered by Disqus