ambiente
Kiko Nogueira

Funcionários do mercado Tsukiji, em Tóquio, inspecionam um lote de atum-azul: a espécie corre o risco de desaparecer

Pouco peixe, muito sushi

A próxima vítima

Pesca predatória reduz os estoques do atum-azul a 10% do que eram e os japoneses temem pelo fim de seu prato predileto

Rosana Zakabi - Revista Veja - 04/07/2007


comments powered by Disqus