Glossário

MDL, GRI, IPCC, IDH. Aprender o significado dessas siglas - que cada vez mais ganham espaço nos noticiários e nas discussões cotidianas - é uma forma de entender os movimentos e avanços que levam à construção de um Planeta Sustentável.Descubra o que significam esses e outros termos, navegando no menu abaixo.

próxima >
c

Caatinga

Bioma de transição entre o interior seco e a Mata Atlântica e ocupa 10% do território nacional. A vegetação da caatinga é adaptada à aridez.

Cadastro Ambiental Rural (CAR)

O CAR é um registro eletrônico obrigatório, instituído pelo Código Florestal, para todos os imóveis rurais do Brasil, com o objetivo de integrar informações ambientais e de propriedades rurais e constituir base de dados para controle, monitoramento e planejamento ambiental e econômico.

Caldeiras de recuperação de calor

Geradores de vapor que utilizam o calor dos gases residuais de processos industriais, ou de escape de turbinas a gás, como fonte de calor para produção de vapor de processo ou para geração de energia elétrica.

Calota polar

Região que se estende ao redor do pólo do planeta, coberta de gelo ou outras substâncias congeladas.

Camada de inversão

Camada atmosférica na qual a temperatura aumenta com o aumento da altura.

Fonte: INPE

Camada de ozônio

Também chamada de ozonosfera, a camada de ozônio ocupa uma faixa de 30 a 40 quilômetros de espessura na atmosfera terrestre, dentro da chamada estratosfera. Ela tem um papel fundamental na proteção da superfície terrestre contra os Raios UItravioleta (UV) do Sol e contribui para controlar a temperatura média no planeta.

Leia também:
Efeito estufa + camada de ozônio: os cobertores da Terra
Entenda o buraco na camada de ozônio

Campanha da Década da Desertificação

Campanha lançada pela ONU, com duração de dez anos, contados a partir de 2010, para conter o fenômeno da desertificação e mitigar os impactos do aquecimento global nas regiões áridas e semiáridas do planeta. Mais de 100 países do mundo enfrentam um acelerado processo de desertificação em suas terras. Cerca de 33% da superfície do planeta já está comprometida, atingindo a vida de cerca de 2,6 bilhões de pessoas.

Caos

Assim como o sistema climático é um sistema dinâmico governado por equações não-lineares determinísticas. Pode apresentar comportamento errático ou caótico no sentido de que mudanças muito pequenas no estado inicial do sistema são direcionadas a grandes mudanças e aparentemente imprevisíveis em sua evolução temporal. Tal comportamento caótico pode limitar a previsibilidade de sistemas dinâmicos não-lineares.

Cap and trade

Sistema econômico no qual se determina uma quantidade de gás carbônico que um setor da indústria ou país pode emitir. O cap and trade permite que as companhias que reduziram suas emissões acima do necessário comercializem seus créditos de carbono.

Capacidade de suporte (humano)

A população máxima que pode ser sustentada indefinitivamente em dada área sem alterar o ecossistema a ponto de reduzir a população sustentável. Este equilíbrio entre a população e os recursos é dinâmico e influenciado por mudanças na tecnologia humana, bem como nos fatores naturais.

Fonte: Ecoagricultura: Alimentação do mundo e biodiversidade. Jeffrey A. McNeely e Sara J. Scherr. Editora Senac. 2009

Capital natural

Extensão da noção econômica de capital para indicar os bens e serviços oferecidos pelo meio ambiente. O capital natural refere-se a um estoque de recursos - como, por exemplo, uma floresta - renováveis ou não, que produzem uma série de bens e serviços.

Fonte: A Empresa Verde, Elisabeth Laville, BEI Editora, 2009

Capital social

Termo proposto pelo sociólogo francês Pierre Bordieu para complementar os conceitos de capital econômico e capital cultural, para se referir às redes de relacionamentos pessoais e sociais.

Capoeira

Vegetação secundária e rasteira composta por arbustos.

Captura e armazenamento de carbono

CCS, sigla em inglês para Carbon Capture and Storage - Tecnologia que consiste na captura do CO2 produzido na queima dos combustíveis fósseis para, em seguida, ser injetado no subsolo, evitando, dessa forma, que entre em contato com a atmosfera.

Fonte: Comissão Européia

Car-sharing

Sistema adotado por empresas ou moradores de um mesmo bairro, rua ou condomínio, que consiste no compartilhamento de um veículo por várias pessoas, evitando que uma pessoa saia sozinha ao volante. O car-sharing visa reduzir o volume de carros em circulação e, consequentemente, os engarrafamentos e a poluição no ar.

Carbon Disclosure Project

Iniciativa que reúne investidores institucionais que - por meio de pesquisas anuais sobre mudanças climáticas, créditos de carbono e prevenção de riscos de fenômenos climáticos e ambientais - acompanham o nível de responsabilidade ambiental das maiores corporações globais do planeta.

Carbono azul

Ecossistemas marinhos capazes de recolher e armazenar grandes quantidades de carbono, tanto nas plantas quanto nas camadas mais profundas do solo. Podem, portanto, conter até cinco vezes mais carbono do que em florestas tropicais.

Carbono negro

Forma impura de carbono produzida durante a combustão incompleta de combustíveis fósseis ou biomassa, como madeira (formando fuligem).

Carência ou Déficit Habitacional

Indica quantas moradias seriam necessárias para absorver os que vivem nas ruas, em habitações improvisadas ou superlotadas.

Carga poluidora

Quando se fala de recursos hídricos é a quantidade de poluentes que atingem os corpos d'água, prejudicando seu uso. Medida em DBO e DBQ.

Fonte: Rede AIPA

Carta da Terra

É uma declaração de princípios éticos fundamentais para a construção, no século 21, de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Busca inspirar todos os povos a um novo sentido de interdependência global e responsabilidade compartilhada voltado para o bem-estar de toda a humanidade, da grande comunidade da vida e das futuras gerações.

A Carta da Terra reconhece que os objetivos de proteção ecológica, erradicação da pobreza, desenvolvimento econômico eqüitativo, respeito aos direitos humanos, democracia e paz são interdependentes e indivisíveis. O documento é resultado de uma década de diálogo intercultural, em torno de objetivos comuns e valores compartilhados.

O projeto da Carta da Terra começou como uma iniciativa das Nações Unidas, mas se desenvolveu e finalizou como uma iniciativa global da sociedade civil. Em 2000 a Comissão da Carta da Terra, uma entidade internacional independente, concluiu e divulgou o documento como a carta dos povos.

Veja também:
Vídeo da Campanha da Carta da Terra

Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (CES-FGV)

Criado em 2003, como resultado do acompanhamento da Fundação Getúlio Vargas e sua Escola de Administração de Empresas sobre a evolução da preocupação ambiental e da contribuição dessas instituições para ampliar a consciência ambiental.

O centro de estudos nasceu a partir da necessidade de empresas, seus financiadores, acionistas, dirigentes, seguradores, consultores e auditores em entender, medir e avaliar riscos e oportunidades associados a áreas de impacto aparentemente não-financeiras, como meio ambiente, responsabilidade social e governança corporativa.

*CES-FGV - Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas

Certificação AQUA

Inspirada no selo francês HQE - Haute Qualité Environnementale, a AQUA - Alta Qualidade Ambiental foi criada em 2008 e é a primeira norma brasileira para a certificação de construções sustentáveis.

O selo leva em conta 14 critérios para certificar um empreendimento, que são 100% baseados na realidade do nosso país, e é concedido pela Fundação Vanzolini - instituição privada, sem fins lucrativos, criada e gerida pelos professores da Escola Politécnica da USP.

Saiba mais em:
AQUA: 1º referencial técnico brasileiro para construções sustentáveis

Certificação BREEAM

De origem inglesa, a BREEAM - Building Research Establishment Environmental Assessment Method é a mais antiga certificação para construções sustentáveis do mundo. Foi criada em 1992, pela BRE Global, mas chegou ao Brasil apenas em 2011.

Por enquanto, a única organização licenciada para conceder a certificação BREEAM no Brasil e na América Latina é a empresa Viviane Cunha Associados, da arquiteta e consultora Viviane Cunha.

Leia também:
Mais um selo

Certificação de cadeia de custódia

É a certificação baseada na rastreabilidade da cadeia produtiva (produto e processo), dada às operações que envolvem processamento, manufatura, compra, venda, ou distribuição de produtos florestais, a partir de matéria-prima certificada.

Leia também:
Para entender a importância da certificação
Certificação ganha manuais
Consumo de produtos certificados: ainda falta consciência


Fonte: Madeira - Uso sustentável na construção civil. 2ª edição. IPT e SVMA

Certificação LEED

Criada pelo USGBC - Conselho de Construção Sustentável dos EUA, em 2000, a certificação LEED - Leadership in Energy and Environmental Design atesta o comprometimento de uma edificação com a sustentabilidade - antes, durante e depois de sua construção.

Redução, reutilização e reciclagem de recursos e materiais, implantação de sistemas que visam a economia de água e energia, acessibilidade e garantia da qualidade dos ambientes internos da edificação são alguns dos critérios levados em conta, pelo USGBC, na hora de certificar um empreendimento.

No Brasil, o selo LEED é representado oficialmente pelo GBC Brasil - Green Building Council Brasil, desde 2007, sendo a primeira certificação para construções sustentáveis a chegar no país.

Certificação Qual

Leia Selo Qual

CFCs

Sigla para Clorofluorcarbonos. Família de gases não-inflamáveis e de baixa toxidade, utilizados durante muitos anos como propelentes de aerossóis, na fabricação de espumas, na limpeza de equipamentos de precisão e nos motores de aparelhos de refrigeração. Quando liberados, esses gases sobem à atmosfera superior e danificam a camada de ozônio.

Chorume

Líquido muito poluente liberado durante a decomposição do lixo orgânico. Num lixão, o chorume pode poluir o solo, as águas superficiais e subterrâneas e também o ar.

Chuva ácida

Considerada um dos maiores problemas ambientais do mundo contamporâneo. O termo designa genericamente a chuva, neve ou neblina com alta concentração de ácidos em sua decomposição. A principal medida para a redução desse tipo de fenômeno é o uso de combustíveis alternativos ou a utilização de carvão com menor teor de enxofre.

Ciclo bioquímico

Movimentos através do sistema terrestre dos constituintes químicos essenciais para a vida no planeta, como o carbono, nitrogênio, oxigênio e fósforo.

Ciclo da água

A água evapora-se da superfície dos mares, rios, lagos e da vegetação terrestre. O vapor sobe e forma nuvens nas quais esfriam e condensam-se, voltando a transformar-se em água ou gelo. Depois, cai sob a forma de chuva, neve ou granizo e a seguir corre para os rios e os mares completando o ciclo. Dos 1360 milhões de quilômetros cúbicos de água que existe na Terra, 97% encontra-se nos oceanos, 2,14% nas calotas polares, 0,37% nos lagos e rios e apenas 0.1% fica na atmosfera estando restante contida no solo. Da água presente na atmosfera, 84% provém da evaporação dos oceanos por ação da energia solar; os 16% restantes resultam da evaporação da água do solo e dos seres vivos, nomeadamente da transpiração dos vegetais. A condensação desse vapor de água atmosférico forma as nuvens.

Fonte: INPE

Cidades compactas

Conceito de cidade que aproveita melhor as áreas degradadas e não avança sobre áreas verdes, encostas ou margens de córregos, evitando assim a formação de centros urbanos. As cidades compactas têm soluções eficientes para mobilidade - com incentivo ao transporte coletivo - e energia. Também recuperam locais abandonados de seus centros, protegem áreas verdes urbanas e promovem uma reurbanização que prioriza a ocupação do espaço por pessoas de classes distintas e a promoção da cultura de paz.

Click Árvore

Programa de reflorestamento com espécies nativas da Mata Atlântica pela internet. Cada click dado no site representa o plantio de uma árvore custeado pelas empresas colaboradoras do programa: SOS Mata Atlântica, Vidágua e Editora Abril. O projeto conta também com o patrocínio do banco Bradesco.

*Click Árvore

Clube das Renováveis

Iniciativa, criada pelo governo da Alemanha em junho de 2013, que reúne 10 países de diferentes partes do mundo. A intenção do Clube das Renováveis é incentivar, por meio do exemplo, a produção de energia limpa no planeta.

Além dos alemães, participam da iniciativa África do Sul, China, Dinamarca, Emirados Árabes, França, Índia, Marrocos, Reino Unido e Tonga - sem contar a Agência Internacional de Energia Renovável (Irena), que também integra o clube.

Leia também:
Clube das Renováveis: países se unem por energia limpa

Clube de Budapeste

Entidade criada em 1978, por Ervin Laszlo, que reúne artistas, filósofos, líderes políticos, cientistas e outras personalidades com o objetivo de promover o diálogo e o desenvolvimento cultural para a construção de um mundo melhor.

Clube de Roma

O Clube de Roma nasceu, em abril de 1968, em um encontro de trinta pessoas de dez países. Fundado pelo industrial e acadêmico, Aurelio Peccei, e pelo cientista, Alexander King,esse grupo era formado por cientistas, educadores, economistas, humanistas, que se reuniam na Academia dei Lincei, em Roma - Itália para discutir e analisar os limites do crescimento econômico levando em conta o uso crescente dos recursos naturais. O propósito do Clube de Roma se mantém até os dias de hoje.

Cobertura morta

Prática agrícola que consiste em cobrir a superfície do solo com uma camada de material orgânico, geralmente com sobras de cultura como a palha ou cascas. A palhada forma uma camada protetora sobre o solo que atua sobre a passagem de luz e contribui para a liberação de substâncias alelopáticas. Dessa forma, proporciona condições adversas para a germinação e o estabelecimento de espécies indesejadas e favoráveis ao desenvolvimento da cultura. A cobertura morta, porém, não controla espécies invasoras perenes.

Fonte: Embrapa

CO2-equivalente

Como os gases do efeito estufa têm efeitos diversos no clima, foi preciso estabelecer uma "moeda" de padronização. O carbono equivalente é calculado multiplicando-se a quantidade de emissões de um determinado gás multiplicado pelo seu efeito no clima. Exemplo: o metano tem 21 vezes mais impacto no clima do que o CO2. Por isto, uma tonelada de metano correspondem a 21 toneladas de CO2 equivalente. Diversos cientistas - entre eles os do IVIG (Instituto Internacional de Mudanças Globais), ligado à COPPE/UFRJ contestam esta proporção.

Fonte: Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas

Coeficiente de Gini

É utilizado como parâmetro internacional para mensurar a concentração de renda de um país. O coeficiente (ou índice) de Gini varia de zero a 1,00. Sendo zero uma situação na qual toda a população possui renda equivalente e 1,00 se apenas uma pessoa detivesse toda a riqueza do país. O Brasil ocupa a oitava posição mundial, sendo que 46,9% da renda nacional concentra-se em mãos dos 10% mais ricos, enquanto os 10% mais pobres detêm 0,7% da renda.

Colapso malthusiano (ou maldição malthusiana)

Expressão criada pelo matemático inglês Thomas Robert Malthus, descrita no Ensaio sobre o Princípio da População, em 1798. No documento ele previa que, como o número de habitantes da Terra crescia em escala superior à da produção de alimentos, fome e guerras por comida seriam inevitáveis.

Fontes: Veja, edição 1885, 22/12/2004 e National Geographic Brasil, junho/2009

Coleta Seletiva

O serviço de coleta seletiva recolhe apenas materiais como papel, plástico, metal e vidro. Desta forma, a vida útil das matérias-primas é prolongada e a quantidade de resíduos que vão para o lixo - hoje grande problema da sociedade - diminui. A prática é importante para aproveitar ao máximo o ciclo útil dos materiais, pois a maioria do que é descartado pode ser reaproveitado facilmente. Para participar da coleta seletiva de lixo e contribuir com a redução da quantidade de lixo descartado incorretamente é necessário consultar o programa municipal.

Leia Também:
Coleta seletiva é ampliada no Rio de Janeiro
O desafio da coleta seletiva em BH
64% dos brasileiros não tem acesso à coleta seletiva Nossa reciclagem é um lixo, mas há soluções

Combustíveis fósseis

São os materiais finitos que se extraem da terra, como o carvão, petróleo e o gás natural. Eles são formados a partir da decomposição de matéria orgânica, como animais e plantas, através de um processo que leva milhares de anos. Esses combustíveis correspondem a mais da metade das fontes de energia do mundo, servindo de base para a atividade industrial e de transportes.

Comensalismo

Relação entre duas espécies na qual uma é beneficiada e a outra não é prejudicada nem beneficiada por viverem juntas.

Fonte: Guia da Ecologia: Para entender e viver melhor a relação homem-natureza. Org. Fabio Feldmann, Guias Brasil, 1992

Comércio Internacional de Emissões (CIE)

Mecanismo de flexibilização no qual os países signatários do Protocolo de Kyoto são capazes de negociar entre si as emissões excedentes da meta definida para cada um.

Comércio justo (Fair trade)

Parceria comercial cujo objetivo é a igualdade maior no comércio internacional. O mecanismo só foi implantado no Brasil em 1998 e visa oferecer aos produtores marginalizados melhores condições de comercialização e assegurar os direitos dos trabalhadores. São exigências do sistema de fair trade:
1. Criar associações democráticas que reúnam os produtores
2. Ser transparente na prestação de contas
3. Não discriminar nem mulheres nem índios
4. Reduzir o uso de agrotóxicos
5. Abolir o trabalho forçado
6. Não empregar crianças
7. Criar empregos com carteira assinada
8. Ter condições de trabalho saudáveis e seguras

Componente ambiental

Na análise ambiental usam-se, com freqüência, o termo componente, ou elemento, para indicar uma das partes que constituem o meio ambiente ou um ecossistema.

Compostagem

Transformação dos vegetais em adubo orgânico. É considerada uma forma de reciclagem do lixo orgânico.

Compostos Orgânicos Voláteis (COVs)

Compostos que contêm carbono, facilmente vaporizados em condições de temperatura e pressão ambiente e reagem fotoquimicamente na atmosfera. Os COVs, como também são conhecidos, têm grande impacto sobre a saúde humana em função da sua alta toxicidade e efeito cancerígeno. Segundo a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), o ozônio troposférico, formado através de reações químicas, é o único poluente monitorado que ainda ultrapassa, com freqüência, os limites de qualidade e segurança estabelecidos pela legislação.

O tolueno, xileno, hexano, etilbenzeno e trimetilbenzeno foram os COVs encontrados em maior concentração na atmosfera e estão entre os compostos orgânicos voláteis com maior potencial para a formação de ozônio. Eles são os de maior emissão pelos veículos.

Conectividade da paisagem

O grau de ligação de diferentes fragmentos de habitat. O oposto é a fragmentação.

Fonte: Ecoagricultura: Alimentação do mundo e biodiversidade. Jeffrey A. McNeely e Sara J. Scherr. Editora Senac. 2009

Confédération Paysanne

Sindicato agrícola fundado na França em 1987. Criado por pequenos agricultores com militância socialista, o movimento é contra o agrobusiness e as lavouras transgênicas e a favor de uma agricultura sustentável e ecologicamente correta.

Fonte: Superinteressante, julho/2002 autor: Leandro Sarmatz)

*Confédération Paysanne

Conferência de Estocolmo

Promovida pela ONU em 1972, na Suécia, foi a primeira reunião ambiental global e é também conhecida como a I Conferência sobre o Meio Ambiente Humano. Na ocasião, participaram 113 países e tornou-se o marco na questão do desenvolvimento sustentável.

Conferência das Partes (COP)

Órgão supremo da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas que se reúne uma vez por ano para rever o progresso da implementação do texto da Convenção, criado na Cúpula da Terra, no Rio de Janeiro, em 1992. A primeira foi realizada em Berlim, na Alemanha, em 1995, e a 15ª edição, em 2009, em Copenhague, na Dinamarca, que discute diretrizes para o Protocolo Pós-Kyoto. O termo conferência é usado no sentido de associação e não de encontro ou reunião e a expressão partes se refere aos países que assinaram e ratificaram a Convenção do Clima.

Fonte: UNFCCC

Conselho de Manejo Florestal (Forest Stewarship Council - FSC)

Entidade ambientalista internacional que promove o mecanismo de certificação florestal. O certificado emitido pela instituição garante aos consumidores um produto obtido de forma sustentável, preservando o ambiente. Desde 1995 o FSC já certificou mais de 46,5 milhões de hectares em 667 áreas florestais de 61 países.

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS)

Fundado em 1997, a instituição é uma coalizão dos maiores e mais expressivos grupos empresariais do país. Com faturamento anual correspondente a 40% do PIB nacional, as empresas do CEBDS geram juntas mais de 600 mil empregos diretos. A organização tem como missão integrar os princípios e práticas do desenvolvimento sustentável no contexto de negócios, conciliando as dimensões econômica, social e ambiental.

*CEBEDS - Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável

Conselho Empresarial sobre Desenvolvimento Sustentável (World Business Council for Sustainable Development)

Coalizão que reúne aproximadamente 170 companhias internacionais, de 35 países. Sua missão consiste em instituir a liderança empresarial como catalisadora para um câmbio tendente ao desenvolvimento sustentável e promover a ecoeficiência, a inovação e a responsabilidade social das empresas, por meio do crescimento econômico, equilíbrio ecológico e progresso social.

Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH)

Órgão de assessoramento do Presidente da república para formulação de políticas e diretrizes destinadas ao uso sustentatável dos recursos hídricos. É um colegiado que desenvolve regras de mediação entre os diversos usos da água.

Fonte: Desafios do Regulador, Jerson Kelman. Editora Synergia

Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA)

Órgão de assessoramento do presidente da republica para formulação de politicas e diretrizes destinadas ao uso sustentável do meio ambiente. É um colegiado que desenvolve regras de comando e controle para preservação dos ambientes naturais.

Fonte: Desafios do Regulador, Jerson Kelman. Editora Synergia

Consenso de Washington

Em novembro de 1989, especialistas em assuntos latino-americanos se reuniram na capital dos Estados Unidos para avaliar as reformas econômicas empreendidas na América Latina. As conclusões desta reunião são conhecidas, até hoje, como Consenso de Washington. O termo, bastante popular em debates sobre comércio e desenvolvimento, é sinônimo de neoliberalismo e globalização para muitos economistas.

Mais informações no site do Centro de Desenvolvimento Internacional da Universidade de Washington

Conservação ex-situ

Trata-se da conservação de componentes da diversidade biológica fora de seus habitats naturais.

Fonte: IBAMA

Conservação in-situ

Conservação das espécies silvestres em seu local de ocorrência natural.

Fonte: IBAMA

Construção sustentável

Refere-se aos princípios do desenvolvimento sustentável aplicados a todo o ciclo de vida de uma construção: extração e beneficiamento dos materiais, planejamento, projeto e construção de edifícios e obras de infra-estrutura e demolição e gestão dos rejeitos.

Consumo colaborativo

A proposta do consumo colaborativo é a de expandir as práticas de compartilhamento, troca, empréstimo, intercâmbio, aluguel e doação, e reduzir a compra de novos produtos. Desse modo, objetos e serviços são utilizados por mais pessoas, têm maior vida útil e evita-se o descarte de materiais que ainda podem ser aproveitados, além da extração de novas matérias-primas. As práticas do consumo colaborativo foram reinventadas pela tecnologia de rede online.

Consumo consciente ou sustentável

Adoção, pelo ser humano, de padrões de produção e consumo sustentáveis. Comprar com discernimento significa a reorientação da direção a novos valores, objetivando o impacto ambiental e social que as pessoas produzem através da cultura do excesso.

Consumo local

Consumo de alimentos produzidos na própria região.

Consumidor livre

Em geral, grande consumidor que paga o serviço de fio para a distribuidora local, mas prefere comprar energia diretamente dos geradores ou de empresas comercializadoras.

Fonte: Desafios do Regulador, Jerson Kelman. Editora Synergia

Contribuições Voluntárias Nacionais

As Contribuições Voluntárias Nacionais (INDCs, na sigla em inglês) são o conjunto de esforços que cada país se compromete a realizar para reduzir as emissões de gases de efeito estufa na atmosfera do planeta como parte do novo acordo climático global, a ser estabelecido em Paris, na França, em 2015.

Controle social

Atividade constante de discussão, divulgação, avaliação, monitoramento ou fiscalização exercida pela sociedade sobre o Estado. Envolve o controle sobre políticas publicas, programas, orçamentos e demais ações dos três poderes do Estado. Em geral, é executada por organizações da sociedade civil como a imprensa, Ongs ou organismos internacionais.

Fonte: Desafios da Sustentabilidade - Série Mídia e Mobilização Social

Convenção contra a Corrupção

Criada pelas Nações Unidas, a Convenção é o maior texto juridicamente vinculante de luta contra a corrupção. O documento cobra dos Estados:
- a prevenção e criminalização da corrupção;
- a promoção da cooperação internacional;
- a recuperação de ativos roubados e
- a melhoria da assistência técnica e da troca de informações, tanto no setor privado quanto no setor público.

Sob responsabilidade do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime (UNODC), a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção (CNUCC) é composta por 71 artigos e foi assinada em 09/12/2003, na cidade de Mérida, no México - o que fez com que também ficasse conhecida como Convenção de Mérida. A data hoje é considerada pela ONU o Dia Internacional de Luta contra a Corrupção.

A Convenção foi ratificada por 160 países-membros da ONU, entre eles o Brasil. Confira o documento na íntegra , em português.

Convenção de Combate à Desertificação (UNCCD)

Tratado internacional, acordado durante a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento - mais conhecida como Rio92 -, que determina a importância dos países-membros da ONU levarem em conta a gestão sustentável da terra - sobretudo nas áreas áridas, semi-áridas e sub-úmidas secas, onde estão alguns dos povos e ecossistemas mais vulneráveis do planeta - no processo de desenvolvimento sustentável.

Estabelecida oficialmente em 1994, a Convenção de Combate à Desertificação (UNCCD) tem como principais objetivos:
- reverter e prevenir a desertificação e degradação de terras e
- mitigar os efeitos da seca nas áreas que estão sendo afetadas pelo fenômeno.

A Rio92 ainda acordou a criação de outras duas convenções: a do Clima e a de Diversidade Biológica .

Convenção de Ramsar

Tratado internacional para a proteção e manejo sustentável de zonas úmidas de alto valor ecológico para o mundo, como estuários, pântanos e manguezais. O tratado foi assinado na cidade de Ramsar, no Irã, em 1971.

Fonte: Sustentabilidade no setor financeiro: gerando valor e negócios. Victorio Mattarozzi e Cássio Trunkl. Editora SENAC - SP

Convenção do Clima

Acordo multilateral voluntário constituído durante a Conferência para o Meio Ambiente e Desenvolvimento no Rio de Janeiro, em 1992, - ECO 92. O acordo visa a redução de emissões de gases do efeito estufa a níveis de 1990, meta que deveria ser atingida até o ano 2000. O objetivo principal da Convenção do Clima é a estabilização dos níveis de concentração de gases de efeito estufa na atmosfera a um patamar que impeça uma interferência antrópica perigosa no sistema climático.

Fonte: Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas

Convenção Minamata sobre Mercúrio

Assinada em janeiro de 2013, durante a Conferência de Genebra, é o primeiro acordo global a respeito da diminuição do uso de mercúrio, considerado um dos dez elementos químicos que mais ameaçam o meio ambiente e a saúde humana.

O tratado foi batizado de Convenção Minamata sobre Mercúrio em homenagem aos habitantes da cidade japonesa que por décadas sofreram com a contaminação do metal proveniente de descargas industriais.

Assinado por cerca de 140 países-membros da ONU, o acordo propõe que até 2020 o uso do mercúrio seja banido dos processos industriais e, também, da fabricação de diversos produtos. Entre eles, algumas baterias, tomadas, lâmpadas, sabãos, artigos cosméticos e, até, obturações dentárias.

Leia também:
Países assinam acordo para reduzir uso de mercúrio

Convenção sobre Direito do Mar

Tratado multilateral proposto pela ONU, em 1982, que aborda assuntos marítimos como mar territorial, zona econômica e plataforma continental, entre outros. Seu objetivo é promover o desenvolvimento sustentável dos oceanos e preservar seus ecossistemas. Ele também estabelece regras para a exploração dos recursos naturais do mar, como solo, subsolo e seres vivos que os habitam.

Convenção sobre Diversidade Biológica

Tratado internacional sobre meio ambiente adotado na Conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio92), realizada no Rio de Janeiro em 1992. Nela, mais de 180 países de todo o mundo se comprometeram a conservar a diversidade cultural e biológica do planeta.

A convenção teve como finalidade manter o equilíbrio ecológico do planeta diante do desenvolvimento econômico e estabelece três objetivos principais: a conservação da diversidade biológica, o uso sustentável de seus componentes e a divisão justa e igualitária dos benefícios proporcionados pelo uso de recursos genéticos.

Fonte: Greenpeace

Correições

Marcha de formigas, geralmente dispostas em fila, que realizam determinado trabalho.

Corredor de biodiversidade

Área que compreende uma rede de áreas protegidas entremeada por áreas com diferentes graus de ocupação humana. O manejo é integrado para garantir a sobrevivência de todas as espécies, a manutenção de processos ecológicos e evolutivos e o desenvolvimento de uma economia regional forte, baseada no uso sustentável dos recursos naturais.

Corredores de migração

São assim chamados os rios que algumas espécies de peixes utilizam para fazer migrações laterais ou longitudinais, em algum momento de seu ciclo de vida, para fins reprodutivos. No norte do Brasil, por exemplo, o bagre viaja milhares de quilômetros desde o estuário da Amazônia até as cabeceiras dos rios de água branca (barrenta) e deixa suas ovas nos contrafortes dos Andes

Correntes marítimas

Porções de água, com diferentes níveis de salinidade e temperatura, que se movimentam no oceano de forma independente das águas que as circundam. Elas interferem no clima e na pesca e produzem maior velocidade às embarcações. As correntes consideradas as mais importantes são a fria de Humboldt, a quente do Atlântico Norte e a fria do Labrador. A única grande corrente que não se depara com uma massa continental em seu caminho é a Circumpolar Antártica, a mais forte do planeta e que circula nos encontros das águas antárticas com as dos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico.

Créditos de carbono

Para estar de acordo com as regras referentes às emissões de carbono determinadas no Protocolo de Kioto, uma empresa pode diminuir as próprias emissões ou comprar créditos de carbono de companhias dos países em desenvolvimento, visando compensar a poluição que sua atividade provoca. Os créditos são ganhos com projetos de redução dos gases do efeito estufa e podem ser vendidos a companhias dos países ricos que precisam cumprir cotas antipoluição estabelecidas pelo Tratado de Kyoto.

Crescimento demográfico

Expresso em porcentagem, é a taxa que mostra o aumento da população ano a ano. É medido pela soma da migração e o crescimento vegetativo, sendo esse último obtido por meio da subtração do número de mortos pelo número de nascidos vivos.

Culture jamming

Conceito definido pela ONG canadense Adbusters/Media Foundation para designar o desvio iconoclasta (e frequentemente humorístico) da comunicação e dos códigos visuais das grandes marcas internacionais, a fim de denunciar suas práticas e interpelar os consumidores.

Fonte: A Empresa Verde, Elisabeth Laville, BEI Editora, 2009

Cúpula dos Povos

Evento paralelo e crítico à Rio+20 que ocorre de 13 a 22 de junho. Organizado pelo Comitê Facilitador da Sociedade Civil Brasileira para a Rio+20 (CFSC), reunirá coletivos, redes, organizações e movimentos sociais no Aterro do Flamengo. A ideia é criar um espaço extra diplomático para que a sociedade mundial apresente sua agenda e, em conjunto, formule propostas a serem encaminhadas aos chefes de Estado reunidos na conferência oficial.

Custo de déficit

É o custo presumido incorrido à sociedade devido à energia não suprida.

Fonte: Desafios do Regulador, Jerson Kelman. Editora Synergia