NOVA ESCOLA 25 ANOS

H cerca de 25 anos, apenas 80% dos brasileiros em idade escolar estavam matriculados na escola. A Educao Infantil pblica praticamente no existia e milhes de crianas, com at 7 anos, eram privadas de estudar. Cerca de 20% dos jovens, entre 10 e 14 anos, eram analfabetos e a situao no era melhor quando se analisava o Magistrio.

Ciente desse quadro desastroso e interessado na sua transformao, em maro de 1986, o fundador da Editora Abril, Victor Civita (1907-1990), criou a revista NOVA ESCOLA. Vinte e cinco anos se passaram. A revista

cumpriu essa misso, sempre se modernizando e acompanhando as tendncias e as pesquisas na rea. Ao analisar as 239 edies publicadas, constata-se a evoluo de nossa Educao em diversos setores, mas tambm que ainda h muito a avanar. o que revelam as reportagens da edio especial da revista, reunidas nesta pgina. Leia mais Anderson Moo, reprter

DFICIT NO ENSINO

Apertar o passo. J

Apertar o passo. J

O Brasil melhorou seus ndices de educao, mas o incmodo 53 lugar, em um ranking de 65 naes, deixa o alerta: apesar dos avanos, estamos longe de atingir um patamar ideal

EDUCAO RURAL

Mais fora ao campo

Mais fora ao campo

A lei que prev respeito s necessidades do campo no virou realidade e a escolarizao das crianas que vivem em assentamentos maior do que a dos filhos de trabalhadores rurais

FALTA DINHEIRO

O custo do bom ensino

O custo do bom ensino

Os investimentos em educao cresceram nas ltimas dcadas, mas, apesar de bater recordes, os incentivos ainda so insuficientes para o pas alcanar a qualidade

REDE PBLICA

Em segundo plano

Em segundo plano

A Educao de Jovens e Alunos, popularmente conhecida como EJA, j teve grandes avanos, mas requer mais cuidados e verbas para oferecer boas aulas queles que querem estudar

CARREIRA E FORMAO

Hora de profissionalizar

Hora de profissionalizar

Repensar as graduaes, estruturar planos de carreira e elevar salrios continuam sendo desafios essenciais para atrair novos bons profissionais para o setor da educao no Brasil

EDUCAO INDGENA

Formao em destaque

Formao em destaque

A preocupao com a educao dos ndios recente no pas. A quantidade de professores indgenas nas aldeias aumentou, mas eles ainda lutam por uma melhor capacitao

INFRAESTRUTURA

Avanar alm do bsico

Avanar alm do bsico

Acabou a escassez de carteiras, lpis e livros. Os recursos bsicos esto disponveis, mas ampliar a quantidade de instalaes uma lio que ficou pendente para os prximos anos

TECNOLOGIA

Uma lenta conexo

Uma lenta conexo

A informtica est no dia a dia da sociedade, mas a escola, que no poderia ficar para trs, ficou. Os computadores so vistos nas salas de aula de s 4% das escolas das capitais

EDUCAO INFANTIIL

Ateno aos pequenos

Ateno aos pequenos

Universalizar a pr-escola e ampliar o nmero de creches, que atualmente tm vagas para apenas 18% das crianas de at trs anos de idade, so as principais tarefas para esta dcada

GESTO ESCOLAR

Foco na capacitao

Foco na capacitao

O dia a dia exige muitas competncias daqueles que ocupam cargos de gesto escolar. Preparar esses profissionais para a rotina a chave para que consigam liderar equipes e zelar pela aprendizagem

INCLUSO

No basta matricular

No basta matricular

Receber estudantes com deficincia um avano para a educao brasileira, tanto nas zonas urbanas como rurais. Agora, falta garantir que eles realmente aprendam. A, sim, haver incluso de fato

A escola dos ltimos 25 anos

PENSE NISSO

A escola dos ltimos 25 anos

Para o fsico e educador da Universidade de So Paulo Luiz Carlos de Menezes, desde o lanamento da revista NOVA ESCOLA, as mudanas em nossa educao se confundem com as transformaes na vida do povo brasileiro. A Constituio de 1988 foi um marco para a educao do pas, bem como a universalizao do ensino fundamental, que deu incio a uma era de avanos indiscutveis para a nao. Agora, mais do que festejar esses 25 anos que se passaram, ele acredita que preciso rever e analisar o percurso feito at aqui, para nos prepararmos para os prximos 25 anos da educao no Brasil: Temos que construir a nossa escola no como preparao para um futuro conhecido, mas para um futuro rigorosamente imprevisvel, prev