BLOGS |Planeta Urgente

Pirotecnia é risco ambiental José Eduardo Mendonça - 05/07/2010 às 10:46


Fogos de artifício podem danificar saúde

No dia 4 de Julho, data que marca a independência dos EUA, festivais de fogos de artíficios de cair o queixo podem ser vistos em muitas cidades americanas. Mas esta pirotecnia prejudica o ambiente?

"Fogos de artifício podem liberar uma chuva de toxinas para o solo e a água, e cientistas estão apenas começando a perceber o que isto significa para a saúde humana", diz  Russell McLendon, da Mother Nature Network. Ele cita estudos que mostram que níveis de perclorato em  fontes e cursos de água vizinhos subiram dramáticamente depois de um show de fogos.

Da pólvora até os componentes metálicos que produzem as cores, são liberadas substâncias carcinogênicas ou daninhas a hormônios que podem se espalhar pelo solo e pela água, sem mencionar a fumaça intoxicante e os resíduos de plástico.

O vermelho dos fogos é produzido pelo estrôncio, que é extramemente reativo tanto no ar quanto na água, e pode ser radioativo. Não há evidência de que baixos níveis de estrôncio estável e radioativo possam afetar a saúde humana, mas altas doses podem ser daninhas. O branco dos fogos é produzido pelo alumínio, o metal mais abundante na superfície da Terra. Virtualmente toda comida, água, ar e solo contém alguma quantidade de alumínio, do qual são ingeridas de 7 a 9 miligramas por dia na alimentação – e concentrações mais altas podem afetar o cérebro e pulmões.

Os tons de azul são feitos por compostos de cobre. Não são tóxicos por si  mesmos, mas o cobre dispara a formação de dioxinas quando os perclorados nos fogos queimam. O efeito mais notado para a saúde de exposição a dioxina é a cloracne, uma severa doença de pele. Bário (verde) e rubídio (púrpura) são relativamente seguros. E o cádmio, usado para produzir uma gama de cores, é conhecido como carcinogênico. A respiração dele em altos níveis pode danificar seriamente os pulmões e consumí-lo pode irritar o estômago, resultando em vômito e diarréia, informa o USA Today

Credito Rafael Campos
ver este postcomente
Comentários

05/07/2010 às 12:00 Anônimo - diz:

Valeria Borges – diz:Precisava começar uma campanha urgente contra os fogos aqui no Brasil. Fora o que a materia mostra ainda temos que aturar o barulho de bombas e rojões

06/07/2010 às 20:31 Anônimo - diz:

Missao – diz:A Saude Norte Americana deve começar a investigar os parques da Disney que são os maiores consumidores de fogos dos EUA!

Planeta Urgente

JOSÉ EDUARDO MENDONÇA

produziu uma série de reportagens pioneiras para o Jornal da Tarde sobre fontes alternativas de energia e, logo depois, indo morar em Londres, tomou contato com o movimento do que se chamava à época conservacionismo - o que se tornou mais tarde ambientalismo. Neste blog, rastreia ações, políticas e o multifacetado pensamento sobre a questão socioambiental pelo mundo. As opiniões expressas nos veículos citados não são de responsabilidade do Planeta Sustentável, embora a divergência entre elas contribua com a dinâmica do debate.

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Planeta Urgente

Arquivos de posts