BLOGS |Planeta Urgente

Cientistas pedem energia nuclear para salvar biodiversidade José Eduardo Mendonça - 16/12/2014 às 12:03

cientistas-pedem-energia-nuclear-salvar-biodiversidade-560

Carta aberta menciona “abandono de preconceitos”

Mais de 60 cientistas pediram em carta aberta, publicada hoje nos blogs ConservationBytes e Brave New Climate, que ambientalistas deixem de lado suas noções pré concebidas sobre a energia nuclear.

Segundo eles, o estudo “O importante papel da energia nuclear na conservação da biodiversidade global“, publicado recentemente  na Conservation Biology, fornece “forte evidência da necessidade da aceitação de um papel substancial para os sistemas de energia nuclear com reciclagem total de combustível” como parte de uma ampla gama de tecnologias de energia sustentável e eficiência energética. O trabalho foi escrito por Barry Brook, diretor de sustentabilidade da Universidade da Tasmânia, e Corey Bradshaw, da cadeira de mudança do clima da Universidade de Adelaide.

“Nós pedimos à comunidade ambiental e de conservação que pese os prós e os contras de diferentes fontes de energia usando evidência objetiva, sem simplesmente se aterem a percepções idealistas do que é ‘verde’”, dizem os signatários.

Brook e Bradshaw sustentam em seu estudo que sistemas nucleares modulares de última geração “têm potencial  substancial e não reconhecido” como substituição de combustíveis fósseis.  No então, a tecnologia tem “má reputação, não merecida” por parte da comunidade ambiental.

“A biodiversidade não é ameaçada apenas pelo desarranjo do clima. É ameaçada também pela transformação da terra resultante de fontes de energia renovável, tais como aquelas inundadas por projetos hidrelétricos, áreas agrícolas exploradas para biocombustível e grandes espaços necessários para usinas eólicas e solares”, diz a carta.

No artigo, os pesquisadores avaliaram uso da terra, emissões, clima e implicações de custo em três cenários energéticos: um dominado pelos combustíveis fósseis, outro por um mix de energia renovável excluindo a nuclear, e o terceiro com grande contribuição nuclear com a contribuição de renováveis e fontes fósseis. “Na comparação objetiva com as renováveis, a energia nuclear tem desempenho igual ou melhor em termos de segurança, custo, possibilidades de escala, uso da terra e emissões”, argumenta Brooks, de acordo a Science Daily. Veja aqui a íntegra da carta e a lista de signatários.

Foto: IAEA Image Bank/Creative Commons

 

 

 

 

ver este postcomente
Comentários

Não há nenhum comentário. Seja o primeiro!

Planeta Urgente

JOSÉ EDUARDO MENDONÇA

produziu uma série de reportagens pioneiras para o Jornal da Tarde, ainda em 1976, sobre fontes alternativas de energia e, logo depois, indo morar em Londres, tomou contato com o movimento que se chamava à época conservacionismo - e mais tarde se tornaria ambientalismo. Neste blog, escreve artigos e análises sobre temas ligados à sustentabilidade e ao ambiente, intercalados com posts sobre assuntos de destaque na imprensa internacional.

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Planeta Urgente

Arquivos de posts