BLOGS |Planeta Urgente

Chumbo ameaça saúde dos chineses José Eduardo Mendonça - 12/12/2011 às 12:26

Substância está em quase 10% dos brinquedos

Quase 10% dos brinquedos vendidos no mercado chinês contêm chumbo em excesso, o que é uma ameaça à saude, segundo um relatório do Greenpeace. Em novembro, o Greenpeace China comprou aleatoriamente 500 produtos infantis em shopping centers, supermercados e empresas de atacado em cinco cidades – Beijing, Shanghai, Guangzhou, Wuhan e Hong Kong. E descobriu que 10% deles não cumpriam o padrão nacional de conteúdo de chumbo, e mais de 30% continham cinco outras substâncias químicas perigosas.

Estas substâncias que foram testadas – chumbo, antimônio, arsênico, cadmio, cromo e mercúrio – podem danificar seriamente o sistema nervoso, e entrar no corpo através da respiração, de membranas mucosas e comida contaminada. “O chumbo, por exemplo, que é altamente tóxico e cumulativo, vai criar obstáculos para o desenvolvimento físico e mental da criança, e dificuldades de aprendizado”, disse Wu Yixiu, especialista em tóxicos da organização.

Um documento sobre envenamento por chumbo em crianças dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças, dos EUA, afirma que não há limiar seguro para o conteúdo de chumbo no corpo humano, e que crianças não deveriam ser expostas à substância.

O governo chinês estabeleceu um padrão nacional para revestimentos de brinquedos – o conteúdo total de chumbo é de 600 mg por quilo, e limites solúveis também foram fixados para oito outros metais. Mas o Greenpeace disse que as autoridades apenas estabeleceram um teto para conteúdo total de chumbo, mas não um limite para os níveis de outros metais. Alguns países, como EUA e Canadá, criaram limites para o chumbo de 90 mg por quilo.

Huang Ning, um dos redatores dos padrões nacionais e um especialista da comissão ténica nacional de tinturas e pigmentos, disse que os padrões são uma combinação de limites internacionais com aqueles usados pelos fabricantes de brinquedos chineses. “Os limites para oito metais pesados são semelhantes aos usados pela União Européia”, disse ele, segundo o China Daily.

ver este postcomente
Comentários

12/12/2011 às 23:43 Claudia Vianna - diz:

Muito preocupante saber que foge o controle de padrões estabelecidos, nem sabia que brinquedos infantis levava esse tipo de material, fico realemte preocupada porque dependendo a idade cirança leva tudo a boca. Lembrei apenas dos tais soldadinhos de chumbo, nossa !!! Temos que ficar atentos com os brinquedos e ler como são fabricados…

Planeta Urgente

JOSÉ EDUARDO MENDONÇA

produziu uma série de reportagens pioneiras para o Jornal da Tarde sobre fontes alternativas de energia e, logo depois, indo morar em Londres, tomou contato com o movimento do que se chamava à época conservacionismo - o que se tornou mais tarde ambientalismo. Neste blog, rastreia ações, políticas e o multifacetado pensamento sobre a questão socioambiental pelo mundo. As opiniões expressas nos veículos citados não são de responsabilidade do Planeta Sustentável, embora a divergência entre elas contribua com a dinâmica do debate.

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Planeta Urgente

Arquivos de posts