BLOGS |Gaiatos e Gaianos

Uma delícia de mutirão Giuliana Capello - 06/11/2007 às 10:41


Pode parecer maluquice, mas é uma delícia. Passar o dia carregando pedras, terra, esterco, enxada, água, sementes e mudas pode ser um excelente programa de fim de semana. Especialmente se você não estiver sozinho. E foi o que aconteceu no último sábado, na Clareando, quando realizamos um mutirão para retirar os vestígios do fogo que atingiu parte da ecovila e preparar a área para o replantio.

Com sorriso “de orelha a orelha”, cerca de 30 pessoas da comunidade se reuniram pela manhã para recolher as pedras soltas e os galhos queimados que sobraram na área queimada (provavelmente, por culpa de um balão, pode?!). Em pouco tempo, o que parecia que levaria um dia inteiro para ser feito, terminou em duas horas – e sem que ninguém estivesse cansado.

A área em questão é um lote institucional da ecovila, destinado ao uso comunitário. No terreno bastante acidentado, o grupo se reuniu na parte mais alta e começou a descer em linha reta, atirando para baixo as pedras que ficaram soltas por causa do incêndio e que, sem apoio, poderiam rolar morro abaixo durante as chuvas ou provocar acidentes com quem caminhasse por ali. E tudo também com uma finalidade: as pedras recolhidas serão utilizadas na construção do centro comunitário e da casa do caseiro, já em planejamento.

Satisfeitos com a tarefa executada, era hora de almoçar. Êta parte boa, sô! Como sempre, foi um daqueles almoços memoráveis, em que cada família leva um prato (em geral, feito em casa) e montamos uma mesa farta e saborosa, que incluía verduras orgânicas cultivadas na terra da própria Ecovila. Como diz o Hiroshi, amigo querido, nada melhor do que comer da terra e beber da água onde se vive para conseguir se integrar melhor ao lugar. Quem experimenta, não troca por nada.

Depois da refeição, um descanso para a digestão e… mãos à obra. Na segunda parte do mutirão, nos reunimos sob a sombra de um grande jacarandá que se destaca no novo pomar da rua 2. Ele já recebeu mudas de tudo quanto é tipo de fruta, mas, como na Permacultura a diversidade só enriquece o ecossistema, lá fomos nós plantar mais mudas no pomar comunitário.

O casal expert em plantio, Suzy e Andreas, chegou com a caminhonete abarrotada de plantas: mudas de orquídeas, de banana-da-terra, uma jabuticabeira que já tinha sido bonsai, amoreira, figueira, pereira, ameixeira, filodendro e até batata-doce. Ufa! Plantamos tudo!

O Hiroshi, sempre surpreendendo, instalou sob o enorme jacarandá um banco de restos de madeira que ele mesmo havia feito, dias antes, em sua oficina de pau-a-pique e telhado verde. E foi assim que o local foi batizado como ponto de encontro, meditação, convivência, piquenique, contemplação. Certamente, não vai faltar beleza para olharmos, admirarmos e lembrarmos do dia em que trabalhamos juntos, felizes e por um futuro mais gostoso para todos nós.

p.s.1: Na despedida, a satisfação estava estampada no rosto de todos e traduzida na pergunta: quando faremos o próximo mutirão? Se depender de quem esteve por lá, será em breve, muito em breve. Futuros vizinhos, obrigada pelo dia tão especial!

p.s.2: E você, que tal organizar um mutirão para dar "aquele trato" na praça da sua rua ou no muro da escola?

ver este postcomente
Comentários

Não há nenhum comentário. Seja o primeiro!

Deixe aqui seu comentário: Preencha os campos abaixo para comentar, solicitar ou acrescentar informações. Participe!

Enviar

Gaiatos e Gaianos

GIULIANA CAPELLO

é jornalista ambiental especializada em construções sustentáveis, guarda-parque, permacultora e autora do livro Meio Ambiente & Ecovilas (Senac São Paulo). É colaboradora das revistas Arquitetura & Construção, Casa Claudia e Bons Fluidos. Formada em design de comunidades sustentáveis, mora na Ecovila Clareando, a 100 km de São Paulo. Sua casa, construída com técnicas de bioconstrução, reflete princípios que adota em seu cotidiano: conexão com a natureza, simplicidade voluntária e consumo responsável. Aqui, conta histórias de quem deixou a cidade grande para viver no campo ao lado de amigos - e tornar a vida mais plena, criativa e sustentável.

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Gaiatos e Gaianos

Arquivos de posts