BLOGS |Gaiatos e Gaianos

Forno de pizza de barro Giuliana Capello - 17/02/2009 às 10:47

Aí vai uma sugestão bacana para o seu fim de semana. Que tal fazer um forno de pizza de barro na sua casa? Isso mesmo. Chega de botar a mão só na massa. A onda agora é botar a mão no barro e fazer o próprio forno de pizza. Garanto a você: o sabor das redondas vai ficar muito mais especial.

A tarefa n√£o √© complicada nem pesada, mas pode ficar mais divertida se voc√™ chamar os amigos para participar da ¬Ďpizzada¬í diferente. Tudo come√ßa com a escolha do local onde ser√° constru√≠do o forno. O ideal √© que ele fique sobre uma superf√≠cie ou bancada de pedra, para receber as pizzas e suportar bem a queima em alta temperatura.

O passo seguinte lembra brincadeira de crian√ßa. J√° ergueu castelinhos de areia na praia? Pois √© isso mesmo que voc√™ ir√° fazer. Sobre a superf√≠cie de pedra, construa um castelinho circular com uma mistura bem √ļmida (para n√£o desmoronar) de areia e √°gua. N√£o h√° um tamanho certo para se fazer mas, s√≥ para dar uma refer√™ncia, voc√™ pode pensar em algo em torno de 60 cm de di√Ęmetro e altura semelhante.

Depois, pr√≥ximo ao castelinho, prepare a massa de barro, misturando terra, areia, palha de arroz ou de bambu (que s√£o as folhas) e √°gua. Para misturar os materiais, arrume uma lona grossa de 2 x 2 m, por exemplo. Assim, voc√™ evita desperd√≠cios e organiza melhor seu ¬ďcanteiro de obra¬Ē. A palha ajuda a dar mais resist√™ncia √† estrutura do forno. Importante: a mistura de terra e areia deve ser bem pl√°stica, para que voc√™ possa mold√°-la com facilidade. Em geral, a propor√ß√£o fica em torno de 50% de argila e 50% de areia, mas com o tempo voc√™ descobre intuitivamente a consist√™ncia ideal para a massa. S√≥ lembrando que a terra utilizada n√£o √© org√Ęnica, ou seja, n√£o √© aquela terra boa para plantio, mas sim uma terra mais com cara de argila de modelar, ok? Misture os ¬ďingredientes¬Ē e fa√ßa uma roda com os amigos para pisar a massa at√© que ela fique bem homog√™nea.

Pronto? √Č hora, ent√£o, de cobrir o castelinho de areia com a mistura. Com a m√£o, fa√ßa pequenos p√£ezinhos com a mistura e v√°, de baixo para cima, cobrindo seu castelo de areia. Para ficar mais l√ļdico e criativo, voc√™ pode inventar desenhos e relevos no seu forno, como este que voc√™ v√™ a√≠ na foto. (Este aqui foi constru√≠do durante um curso de Permacultura em Botucatu, ministrado pelo Thomaz Lotufo no S√≠tio Beira Serra, Unesp/Ci√™ncias Agr√°rias e Moradia Estudantil).

J√° vi fornos desse tipo que receberam a√ß√ļcar na massa. Estranho, n√£o? Mas faz sentido. Quando se faz a queima do forno, o a√ß√ļcar da mistura se cristaliza, vitrificando a √°rea interna do forno e – dizem os mais experientes – aumentando sua resist√™ncia.

Se o local do forno tiver uma cobertura que evite o contato direto com sol e chuva, sua duração tenderá a ser maior. Mas essa condição não impede que seu forno fique sem proteção, já que o barro aguenta bem as intempéries, especialmente se receber externamente uma demão de óleo de cozinha com cal, que age como hidrorrepelente.

Tamb√©m √© poss√≠vel fazer um mosaico bem colorido no seu forno, utilizando cacos de cer√Ęmica, ou pint√°-lo com uma tinta natural, √† base de terra. Invente! J√° vi forno em forma de sapo, joaninha, tartaruga…

Ah, sim! Ia me esquecendo! Voc√™ precisa deixar um buraco para receber as pizzas…por mais √≥bvio que isso possa parecer. E tamb√©m um buraco na parte posterior do forno, para que se possa encaixar uma chamin√©. Muito alternativo? Demais! Acho que esse √© o grande barato desse forno. S√≥ experimentando para saber…

Espere o barro secar bem para retirar, com ajuda de uma p√°, a terra que serviu de castelinho. Limpe bem e pronto! Est√° na hora de botar fogo, lavar as m√£os e preparar a outra massa… de pizza ou de p√£o. Bom apetite!

 

ver este postcomente
Comentários

26/02/2009 às 00:00 null - diz:

cleando pereira – diz:Ol√° pessoal esta ideia e um barrato esta no meu projeto para fazer um, super pratico.valeu amigo Grato Cleando loca√ß√Ķesporto seguro ba

25/03/2009 às 00:00 Anonymous - diz:

luiz alves Рdiz:Olá a ideia e otima, o fundo pode ser feito com o proprio barro do forno.

25/03/2009 às 00:00 Anonymous - diz:

luiz alves Рdiz:luiz alves Рdiz:Olá a ideia e otima, o fundo pode ser feito com o proprio barro do forno.

29/03/2009 às 00:00 Anonymous - diz:

Danilo Camp – diz: Ol√° amigos inventores, essa √© da Pizza… apartir de julho em minha nova pizzaria ,l√° estar√° um bello forno assim como estes.

03/04/2009 às 19:17 Anonymous - diz:

Carina Crelier – diz:Ol√ɬ° Giu,tudo bem?√É¬Č a Carina, do Gaia!Estou procurando alguem para fazer um forno de pizza na minha casa, claro que pretendo botar a m√ɬ£o na massa, mas preciso de alguem com experiencia para garantir a funcionalidade e para tudo n√ɬ£o desmoronar.heheVoc√ɬ™ pode me indicar algu√ɬ©m?Beijos,Carina

06/04/2009 às 10:21 Anonymous - diz:

Giuliana – diz:Oi, Carina! Quanto tempo! Saudade… Que legal voc√™ querer um forno desses na sua casa. Olha, talvez fosse bacana aproveitar a deixa para reunir um pessoal do Gaia Education, n√£o? Eu tamb√©m poderia ajudar, mas o detalhe √© que nos fins de semana estou sempre em Piracaia, cuidando da casa na ecovila… Ent√£o, como sugest√£o, que tal procurar o povo da Casa dos H√≥lons ou o Francisco Lima e o Edoardo Aranha, da Archidomus? Na internet voc√™ encontra o contato deles. Tomara que d√™ tudo certo. Boa sorte e beij√£o pra voc√™!

02/05/2009 às 19:02 Anonymous - diz:

MARIA – ARACRUZ ES – diz:QUE BACANA. √Č UMA ID√ČIA DIVERTIDA E PROVEITOSA, AL√ČM DA PRATICIDADE DE SE FAZER DEL√ćCIAS SEM GASTAR MUITO DINHEIRO; DICAS ASSIM S√ÉO BEM VINDAS…

17/05/2009 às 20:50 Anonymous - diz:

MARCOS – diz:muito louca a ideia, estou a horas procurando um tipo de forno. legal demais.

20/05/2009 às 20:45 Anonymous - diz:

thiago baldan – diz:P√ī eu j√° estava para come√ßar a construir um forno novo em minha pizzaria na cidade do Guaruj√° (rua S√£o Paulo 850 enseada )e vou pensar bem nessa id√©ia…valewwwwwwww

01/07/2009 às 22:57 Anonymous - diz:

EDSON FERREIRA DE SOUZA – diz: ola,gostaria de saber mais informa√ɬß√ɬĶes , como posso botar este forno em uma bancada e se tem como fazer junto um fog√ɬ£o a lenha .obs: trabalho c/residuo ferro ,pedra e madeira tenho algumas fotos http://www.filmeje.com (fazendo arte ).

10/07/2009 às 11:46 Anonymous - diz:

Tiago Naizer dos Santos Рdiz:ótima idéia,muito saudavel tambem,divertido é estar proximo da naturesa e compartilhar o que o nosso passado viveu, gosto muito de fogo, fogoes e fogueiras quando tiverem novidades nesse campo, por favor me mostrem,obrigado e tchau tiago.

10/07/2009 às 13:38 Anonymous - diz:

Abimael – diz:√ďtima ideia, estava a procura e n√£o achava nada que desse ideia de como construir um forno, j√° fiz um fog√£o a lenha e agora vou fazer o forno de barro com esse formato, gostaria de saber se eu moer um cupinzeiro e com a sua terra fazer a massa daria certopensei em ate misturar nessa massa a√ßucar. Sera que dara certo?Tchau bima

10/07/2009 às 13:39 Anonymous - diz:

Abimael – diz:Abimael – diz:√ďtima ideia, estava a procura e n√£o achava nada que desse ideia de como construir um forno, j√° fiz um fog√£o a lenha e agora vou fazer o forno de barro com esse formato, gostaria de saber se eu moer um cupinzeiro e com a sua terra fazer a massa daria certopensei em ate misturar nessa massa a√ßucar. Sera que dara certo?Tchau bima

21/08/2009 às 20:17 Anonymous - diz:

nilton Рdiz:gostei! vou experimentar. estou procurando modelos e medidas para construir um forno, acho que essa ideia é a melhor que encontrei até agora. parabens pessoal

29/08/2009 às 18:34 Anonymous - diz:

Helba – diz:Foi fazer o forno e estou com d√ļvidas: Que tipo de estabelecimento eu compro esta terra que parece com a argila? A areia pode ser daquelas finas de embossar parede? Posso trocar a terra por argila? Quanto tempo o forno precisa para secar antes de fazer a queima para selar? Bem cuidado, quanto tempo dura este forno? A pintura posso usar p√≥ de urucum? Obrigada pelas dicas, h√° muito procurava sobre fornos e n√£o me conformava com aqueles constru√≠dos com tijolos, engenharia etc… M√©dia de 2.000

03/09/2009 às 00:27 Anonymous - diz:

Patricia Terranova – diz:Oi, amei a id√©ia, eh perfeita, meu pai fez o nosso qdo eramos pequenos eu s√≥ nao sabia como dar a “base”, amei saber, vou construir o meu e depois volto aqui para ver se dou coragem a dona Carina (seu casaco est√° aqui em casa sua sumida) que devia chamar um povo, inclusive eu para ajuda-la!

03/09/2009 às 00:31 Anonymous - diz:

Patricia Terranova Рdiz:Oi Giuliana, vc saberia dizer uma ideia da quantidade de açucar que se mistura na massa?

17/09/2009 às 11:25 Anonymous - diz:

julio – diz:Forno de barro

20/09/2009 às 08:43 Anonymous - diz:

GiuliannoCastor – diz:ol√° Giu, “muito 10″ o teu blog e os trabalhos em prol de um planeta melhor… parab√©ns..!

07/10/2009 às 22:23 Anonymous - diz:

vety Рdiz:obrigada por compartilhar algo maravilhoso como essa obra a natureza agradece abraço.

13/11/2009 às 14:28 Anonymous - diz:

rosangela – diz:estou a procura de um modelo de forno p.assar bolos ele e como se fosse em uma mesa.

17/01/2012 às 17:34 tim pereira - diz:

Que tipo de estabelecimento eu compro esta terra que parece com a argila? A areia pode ser daquelas finas de embossar parede? Posso trocar a terra por argila? Quanto tempo o forno precisa para secar antes de fazer a queima para selar? Bem cuidado, quanto tempo dura este forno? A pintura posso usar pó de urucum? Obrigada pelas dicas, há muito procurava sobre fornos e não me conformava com aqueles construídos com tijolos.

17/01/2012 às 17:54 tim pereira - diz:

ol√°, me diga por favor √† base pode ser de barro com pedra n¬ļ2 de constru√ß√£o

18/06/2012 às 09:16 janaina dias - diz:

sou mineira de BH gostaria se saber as medidas incluindo a de a√ßucar pois sempre quis ter um forno desses em casa,pe√ßo ao meu marido mais ele ainda nada de fazer quero surpriende-lo quando chegar em casa…obrigada

30/01/2013 às 13:08 Nirvando - diz:

Caramba, + ecol√≥gico imposs√≠vel, pretendo construir um, genial, valeu….

15/05/2013 às 12:30 edna brito - diz:

adorei quero construir um me ajude

22/05/2013 às 14:39 rodrigo - diz:

SHOW! Estou prestes a construir um, por√©m, usando o material do cupinzeiro, misturando com serragem, a√ß√ļcar e palha feno, tor√ßo para que funcione.

14/09/2013 às 22:21 Deborah - diz:

Simplesmente o que eu procurava. Algo simples que n√£o precisasse de tanta habilidade para construir com tijolos. Gostaria de saber se essa terra √© daquelas mais saibrosas. A serragem pode substituir a palha de arroz? O que consigo arrumar onde eu moro √© serragem e aquelas palhas para alimenta√ß√£o animal (feno). E qual tipo de a√ß√ļcar se usa?

28/10/2013 às 14:17 damar vilas boas - diz:

Boa tarde Giuliana, gostei do forno, vou construir um, só que agora eu queria que vc me ajudasse a fazer as pedras refratárias de forno.
Comprei um p√≥ que se vende em lojas de materiais de constru√ß√Ķes, s√≥ que entend√≠ que ele s√≥ serve para rejuntar as cer√Ęmicas refrat√°rias que ficam nesses fornos e lareiras modernos, ent√£o pensei que se pode colocar a√ß√ļcar e um pouco de areia nesse p√≥ para dar liga. Vc pode me ajudar? ou existe um outro meio de se fazer as pedras refrat√°rias?
Grato.
D’Amar Vilas B√īas.

Deixe aqui seu coment√°rio: Preencha os campos abaixo para comentar, solicitar ou acrescentar informa√ß√Ķes. Participe!

Enviar

Gaiatos e Gaianos

GIULIANA CAPELLO

√© jornalista ambiental especializada em constru√ß√Ķes sustent√°veis, guarda-parque, permacultora e autora do livro Meio Ambiente & Ecovilas (Senac S√£o Paulo). √Č colaboradora das revistas Arquitetura & Constru√ß√£o, Casa Claudia e Bons Fluidos. Formada em design de comunidades sustent√°veis, mora na Ecovila Clareando, a 100 km de S√£o Paulo. Sua casa, constru√≠da com t√©cnicas de bioconstru√ß√£o, reflete princ√≠pios que adota em seu cotidiano: conex√£o com a natureza, simplicidade volunt√°ria e consumo respons√°vel. Aqui, conta hist√≥rias de quem deixou a cidade grande para viver no campo ao lado de amigos - e tornar a vida mais plena, criativa e sustent√°vel.

Posts anteriores

15/04 - Autonomia para cuidar da √°gua

08/04 - A taioba do meu quintal

01/04 - Meu pé de ipê verde

25/03 - Uma porteira para outro mundo

18/03 - A lua, o silêncio e o manjericão

11/03 - As favelas e minha vida na ecovila

06/03 - Orgulho de ser pedreira

25/02 - Deixa o santo de casa fazer milagre!

18/02 - Histórias que vêm do nosso prato

12/02 - A seca, o sistema e o suco de eucalipto

04/02 - Ecovila não pode ser privilégio de rico

28/01 - Vida de cão sem ração

21/01 - √Č tempo de futebol na ecovila!

15/01 - Falta de natureza já virou doença

07/01 - Qual é a sua comunidade?

17/12 - Feliz com a chegada de novos vizinhos

10/12 - Natal sem poluição publicitária

03/12 - O equívoco das grandes obras

26/11 - O prazer de trabalhar em casa

19/11 - Leitura no ponto de √īnibus!

12/11 - Sem vitrines: abstinência ou prazer?

05/11 - Individualismo não é sustentável

29/10 - Uma nova geração a caminho!

22/10 - Que mundo você apoia com suas compras?

15/10 - Simplicidade: arrumou sua cama hoje?

08/10 - Você quer uma casa no campo?

01/10 - Li√ß√Ķes de sustentabilidade da vov√≥

24/09 - Tradição de primavera

17/09 - Desacelere e seja mais feliz

10/09 - Por mais espaços inspiradores

03/09 - Para transcender as leis

27/08 - Natureza, m√°quinas e ritmos internos

20/08 - Nasci analógica, e agora?

13/08 - N√£o deixe o trabalho matar sua curiosidade

06/08 - Org√Ęnicos: um luxo ou um direito de todos?

30/07 - Fofocar é sustentável?

23/07 - Hoje o almoço vai ser Panc!

16/07 - Ratos em casa: o que fazer?

10/07 - Vinho de jaca e banana nanica? Noooossa!

02/07 - O inverno e os edifícios doentes

25/06 - Protestos, compras e o amanh√£

18/06 - Geração pudim de leite e papel de carta

11/06 - De quintal em quintal

04/06 - Uma viagem 100% sustent√°vel

28/05 - Naná e meus sapatos: uma lição de desapego

21/05 - Para caminhar em tempos difíceis

14/05 - Quer uma vida criativa? Conecte-se à natureza!

07/05 - Pelo fim da capina química nas cidades

30/04 - Que tal virar minimalista?

23/04 - Gratid√£o: uma chave para o n√£o consumo

16/04 - A insustent√°vel leveza dos tomates chineses

09/04 - Sobre a diferença entre possuir e ter acesso

02/04 - Tinta com farinha? Sim, é natural e sem cheiro!

28/03 - Li√ß√Ķes caninas para uma vida mais feliz

19/03 - E d√°-lhe esterco no reboco!

12/03 - Abund√Ęncia √© ter chuchu na cerca!

05/03 - Você quer estar ajustado ou ser livre?

26/02 - Menos iPad, mais Aipim!

19/02 - Feliz, sem isso e sem aquilo

13/02 - Você pratica a simplicidade ao fazer as malas?

05/02 - Seu trabalho é sustentável?

29/01 - IPTU verde e o caminho para leis mais simp√°ticas

22/01 - Privacidade em comunidade

15/01 - Vamos usar mais √°gua de chuva!

08/01 - Reflorestamento na ecovila

18/12 - De onde vem a √°gua que nos abastece?

11/12 - Para viver em paz no campo

04/12 - Você rima simplicidade com vontade?

27/11 - Ju√° para escovar os dentes?

20/11 - Viva a autonomia cultural!

13/11 - Bioconstrução com sabor de autoestima

06/11 - Bioconstrução: resiliência para todos!

30/10 - Ecovila ou empreendimento imobili√°rio?

23/10 - Li√ß√Ķes de uma ecovila alem√£

16/10 - Aprendendo a observar a natureza

09/10 - Desplugada do mundo?

02/10 - Comida org√Ęnica combina com…

25/09 - Beterraba para tingir tecido!

18/09 - Liberdade para experimentar!

12/09 - Bioconstrução de casas e sonhos

04/09 - O design da sustentabilidade

28/08 - O que é uma casa sustentável?

21/08 - Muito além de técnicas ecológicas

14/08 - A horta est√° no seu prato?

07/08 - Minhocas e kefir: meus novos companheiros

31/07 - Sobre n√£o ter coleta de lixo em casa…

24/07 - Qual é a cara do seu consumo?

17/07 - Ecovilas de portas abertas

10/07 - Tempo enlatado

03/07 - Menos dinheiro para uma vida mais rica

26/06 - Horta limpa: chuva, suor e girassóis

19/06 - Rio+20, umbigos e dilemas pós-modernos

12/06 - Um bife por um mundo melhor?!

05/06 - Ritmo de comunidade

29/05 - Como você cuida de você?

22/05 - Ser limpinho num planeta sujinho?

15/05 - Eu, você e o fim do mundo

08/05 - Esterco, palha e felicidade

01/05 - No compasso da natureza

24/04 - A simplicidade e a crise de imagin√°rio

17/04 - Criança precisa de natureza

10/04 - Dias de mudança e gentilezas!

03/04 - Mudança para a ecovila!

27/03 - Meio ambiente: por que custo e n√£o investimento?

20/03 - A lição básica do lixo

13/03 - Discurso sustent√°vel tem limite

06/03 - A cidade, o campo e a estrela Sinh√°

28/02 - A m√°gica das trocas de saberes

21/02 - Carnaval em comunidade

14/02 - Ideias para esverdear a construção

07/02 - Teste drive do banheiro seco

31/01 - O planeta numa bandeja (de isopor)?

24/01 - Reflex√Ķes sobre o slow life e a internet

17/01 - A face feia dos cosméticos

10/01 - Vasos para melhorar o tr√Ęnsito

03/01 - Primeira virada em casa!

20/12 - 2012: ano para entender o planeta

13/12 - Pratique a observação!

06/12 - Greenbuilding para p√°ssaros

29/11 - Belo Monte, Rachel Carson e minhas velas artesanais

22/11 - O caipira e a mobilidade urbana

15/11 - O que dar a algu√©m que j√° tem ‚Äútudo‚ÄĚ?

08/11 - Pela volta do fogo doméstico

02/11 - O empurr√£ozinho que faltava…

25/10 - Um lugar em você chamado Ahimsa

19/10 - RPPN El Nagual: cooperação, amizade e inspiração

11/10 - Dez anos de um sonho

04/10 - Você quer ser bom ou justo?

27/09 - √Č primavera em mim

20/09 - E viva o decrescimento

13/09 - Um guarda-chuva para dois ver√Ķes

06/09 - E quando n√£o h√° rede de esgoto?

30/08 - Quem casa quer casa (ecológica!)

23/08 - Se não é divertido, não é sustentável

16/08 - Lun√°tica com muito orgulho

09/08 - Secador solar e generosidade

02/08 - Doze metros de muita história

26/07 - Velhice x terceira idade

19/07 - Inf√Ęncia desplastificada

12/07 - Um dia sem telas

05/07 - Um luxo chamado Tempo

28/06 - Horta de fundo de quintal

21/06 - Liberdade anda junto com sustentabilidade

14/06 - Produtos que n√£o deveriam existir

07/06 - Lixo é uma questão topológica

31/05 - Celebração de blogueira

24/05 - Você e o fim da sacolinha em SP

17/05 - A lição do Ubuntu ancestral

10/05 - Ecovila: no pasto ou na mata nativa?

03/05 - Cada um com seu entulho

26/04 - O descaso com o lixo org√Ęnico

19/04 - Espiritualidade e vida comunit√°ria

12/04 - Produzir ou consumir cultura?

05/04 - Fukushima e você

29/03 - Trocas solid√°rias que enriquecem

22/03 - Lavar roupas sem sab√£o!

15/03 - Acordos comunit√°rios para a ecovila

08/03 - O valor de uma √°rvore

01/03 - A chegada de uma nova vida

22/02 - Por que o simples é tão complicado?

15/02 - Impress√Ķes do interior

08/02 - Só tecnologia não salva o planeta

01/02 - Bioconstrução na serra fluminense

25/01 - Um bairro em transição

18/01 - Petrofóbicos e locávoros, uni-vos!

11/01 - Permacultura para transformar

04/01 - √Āgua de chuva, muita chuva…

21/12 - Partida e chegada

14/12 - A nova história dos três porquinhos

07/12 - 365 dias mais ecológicos

30/11 - Maternidade e natureza

23/11 - Livrai-nos dos pecados do greenwashing!

16/11 - Pesadelo de consumo

09/11 - Dias de mudança (e desapego)

02/11 - Sustent√°vel e mais barato, sim!

26/10 - Quem faz a sua comida?

19/10 - Ecovila: mutir√£o na represa!

12/10 - Cohousing: morar com amigos

05/10 - Esgoto bacana e ecológico

28/09 - Superadobe ou terra ensacada

21/09 - Primavera com onça e lobo-guará!

14/09 - Bioconstrução para multiplicar

08/09 - Feriado unplugged

31/08 - O que é viver bem?

24/08 - Jardim de histórias

17/08 - Por que adoro hortas permaculturais

10/08 - O joio e o trigo

03/08 - M√°quinas descart√°veis?!?

27/07 - Parques x hidrelétricas

20/07 - Atire bolas de semente!

13/07 - Sobre as boas tradi√ß√Ķes

06/07 - Precisamos de uma escola!

29/06 - Sobre a formação de uma ecovila

22/06 - Festa junina na ecovila

15/06 - Quando o tamanho é documento

08/06 - Terra fértil e sangue menstrual

02/06 - O tempo de uma casa

25/05 - O centro comunit√°rio da ecovila

18/05 - Tempo para a arte

11/05 - Medicina ecológica?

04/05 - O céu de todos e de cada um

27/04 - Aqui e agora

20/04 - Sabedoria das ervas

13/04 - Qual é a sua sustentabilidade?

06/04 - Privacidade numa comunidade

31/03 - Ecodesign para cuidar do planeta

23/03 - Home centers e produtos ecológicos

16/03 - O valor do silêncio

09/03 - Ecovila com horta… e sem delivery

02/03 - A conta de gasolina na ecovila

23/02 - Patos, galinhas e outros bichos

16/02 - Despedida na ecovila

10/02 - Conectada, finalmente!

02/02 - Menos tv, mais horta

26/01 - O recado das crianças

19/01 - Os pedreiros somos nós!

12/01 - Esperança e cooperação na ecovila

05/01 - O tempo é o novo regente

15/12 - Sobre a proximidade do fim

08/12 - A COP15 e a síndrome do panetone

01/12 - Hist√≥rias de uma parteira na Amaz√īnia

24/11 - Multiplicar é muito bom

17/11 - Governança na ecovila

10/11 - Morar em vila…em S√£o Paulo

03/11 - Gest√£o do lixo na ecovila

27/10 - Ecovila e sustentabilidade econ√īmica

20/10 - Um carro, um jipe ou um cavalo?!

13/10 - Parede de toquinhos

06/10 - Casa com √°gua da chuva

29/09 - Para iluminar a casa e curtir a noite

22/09 - Festa da primavera

15/09 - Uma casa para abrigar nossos sonhos

08/09 - Uma moldura para o horizonte

01/09 - A composteira da minha avó

25/08 - Quando o ecológico não é bem ecológico

18/08 - Tijolos de adobe

11/08 - Não sei se é verdade, mas repasso?!?

04/08 - Por que adoro feiras de trocas

28/07 - Ecovila sem internet?

21/07 - Entre amigos

14/07 - Minha casa num programa de tv…

07/07 - Ah, esse excesso de e-mails…

30/06 - Trabalho de formiguinha

23/06 - Socorro, n√£o aguento mais SP!

16/06 - Para tecer uma vida na ecovila

09/06 - Entre na onda das roupas usadas

02/06 - M√£o na massa, sem discursos

26/05 - Mata atl√Ęntica: mais que uma efem√©ride

19/05 - Como construir uma ecovila?

12/05 - O que fazer com a madeira que sobrou?

05/05 - Hist√≥rias de re√ļso, economia e bons amigos

28/04 - Frio na barriga…

21/04 - Mutir√£o de solo-cimento

14/04 - Encontro de ecovilas!

07/04 - Sua casa pode ser uma ecovila

31/03 - Meu telhado verde, verdinho, verdinho

24/03 - Celebrar ajuda a enfrentar problemas

17/03 - Yoga e sustentabilidade

10/03 - O segredo da ab√≥bora m√°gica…

03/03 - Dona-de-casa, eu?!?

24/02 - Quanto vale o nosso trabalho?

17/02 - Forno de pizza de barro

10/02 - Meus vizinhos, minha família

03/02 - Mosaico de vidros usados

27/01 - A insustent√°vel m√£o-de-obra

20/01 - Sorvete de inhame!

13/01 - De que é feita a minha casa?

06/01 - Parede de garrafa?!

16/12 - Composteira de novo!

09/12 - O Natal pode ser ecológico?

02/12 - A alegria de viver em comunidade

25/11 - Inf√Ęncia ecol√≥gica

18/11 - Devagar é mais gostoso

11/11 - Mitos e vícios modernos

04/11 - Crise financeira ou chance para o planeta?

28/10 - O que eu vou fazer numa ecovila?

21/10 - F√£s de pau-a-pique

14/10 - Construir com as próprias mãos

07/10 - Parto natural e ecológico

30/09 - Confiss√£o: eu n√£o passo roupas

23/09 - As ecovilas e as mudanças climáticas

16/09 - Slow life: vida mais calma, lenta e confort√°vel

09/09 - Paredes vivas de Cob

02/09 - Dividir para ter mais

26/08 - Tomada de decis√£o por consenso

19/08 - Simplicidade volunt√°ria

12/08 - Bicho de ecovila

05/08 - Brech√≥ arquitet√īnico

29/07 - Histórias de João-de-barro

22/07 - Tapioca: regional, gostosa e sustent√°vel

15/07 - Para ter uma composteira caseira

08/07 - Mutir√£o de telhado verde

01/07 - Malhação para o planeta

24/06 - Minha casa na ecovila

17/06 - Catadores de esperança

10/06 - √Āgua no copinho pl√°stico? T√ī fora!

03/06 - M√ļsica para sentir a natureza

27/05 - Bioconstrução e desastres naturais

20/05 - Democracia, consenso ou autocracia??

13/05 - Entulho não é lixo!

06/05 - Viva o pequeno agricultor!

28/04 - Educação para o campo

22/04 - Meu bairro, minha cidade

15/04 - Por trás do velho clichê

08/04 - Para construir uma comunidade

01/04 - O prazer das compras solid√°rias

25/03 - O tempo do sol e da lua

18/03 - Polui√ß√£o e Arte dentro do t√ļnel

11/03 - Riqueza para além do dinheiro

04/03 - Catadora, com muito orgulho

26/02 - Nós e a natureza, conectados

19/02 - High tech ou low tech?

15/02 - Impress√Ķes de uma ecochata (?) na Campus Party

12/02 - Horta vertical para pequenos espaços

05/02 - Receitas naturais para curar a ressaca do carnaval

29/01 - Aprendendo a costurar com a avó

22/01 - Festa infantil n√£o precisa ser descart√°vel!

15/01 - Telhado ou jardim?

08/01 - Consumo verde: tarefa difícil mas necessária

18/12 - Permacultura: do linear ao cíclico

14/12 - Um mergulho na Permacultura

04/12 - Cinco dias com o arquiteto descalço

27/11 - Banheiro seco? Como assim?!

20/11 - Sustentável é também saber ouvir

13/11 - Permacultura: transformando problemaem solução

06/11 - Uma delícia de mutirão

30/10 - O dia em que adotei a Sofia

23/10 - Falta de civilidade é fogo (na mata)!

16/10 - Design natural é tudo de bom!

09/10 - Dividir a lavanderia com o vizinho?!?

02/10 - Abaixo as fraldas descart√°veis!

02/10 - Sim, absorvente ecológico!

25/09 - Histórias de uma outra gastronomia

25/09 - Uma outra gastronomia – parte 2

21/09 - Sem carro e sem delivery

18/09 - Por uma dieta que respeite o planeta

11/09 - Minhocas via Sedex

04/09 - Mais adubo e menos lixo

28/08 - Lugar de madeira √©…

28/08 - Construtoras precisam se adaptar

24/08 - Seu Zé e as arvrinhas

21/08 - Reunião de condomínio? Não, de ecovila!

14/08 - Disk-pizza e permacultura na geladeira

07/08 - Doming√£o na feira de trocas

07/08 - Feira de trocas – parte 2

07/08 - Feira de trocas – parte 3

31/07 - Guarda-roupa coletivo espanta o frio

25/07 - Até quando seremos gaiatos?

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Gaiatos e Gaianos

Arquivos de posts