BLOGS |Blog da Redação

Pizzaria incentiva doação de comida para moradores de rua por US$ 1 Marina Maciel - 30/01/2015 às 09:30

pizzaria-incentiva-doacao-de-comida-para-moradores-de-rua

Quando o jovem empreendedor norte-americano Mason Wartman, 27 anos, largou seu trabalho em Wall Street para abrir uma pizzaria, não fazia ideia que seu negócio melhoraria a vida de muitas pessoas. O dono da Rosa’s Fresh Pizza*, que fica na cidade de Filadélfia, lançou um serviço que permite que os clientes deixem pagas fatias de pizza para moradores de rua.

Em nove meses, o restaurante já contabilizou mais de nove mil pedaços de pizza doados. Diariamente, entre 30 e 40 pessoas que passam fome são beneficiadas pelo projeto, estima o empreendedor. Inspirador, não?

Mas, na verdade, a ideia partiu de um cliente, que perguntou se poderia deixar uma fatia de pizza paga para alguém que não teria condições de comprá-la. Wartman adorou a ideia e resolveu colocá-la em prática na pizzaria, cobrando US$ 1 (aproximadamente R$ 2,6) por fatia.

“Comparado com Wall Street, eu trabalho muito mais aqui, mas também é muito mais divertido e, definitivamente, mais gratificante. Estou mais feliz agora”, disse em entrevista ao programa The Ellen Show.

O sucesso que o serviço fez entre os clientes está estampado nas paredes do estabelecimento: tem inúmeros post-its com mensagens de encorajamento dos doadores para os moradores de rua. E os beneficiados também podem deixar mensagens agradecendo pela generosidade.

pizzaria-incentiva-doacao-de-comida-para-moradores-de-rua4

Leia um dos bilhetes, abaixo:

pizzaria-incentiva-doacao-de-comida-para-moradores-de-rua2

“Eu só quero agradecer a todos que doaram para o Rosa’s. Ganhei um lugar para comer todos os dias e a oportunidade de me reerguer. Começo meu novo trabalho amanhã! Todos querem que o mundo mude, mas para que isso aconteça, temos que mudar nós mesmos. E o Rosa’s é uma grande ideia e exemplo disso. OBRIGADO!”

pizzaria-incentiva-doacao-de-comida-para-moradores-de-rua3

*Rosa’s Fresh Pizza

Fotos: Reprodução/Facebook

Leia também:
Reformar casas de favelas em 5 dias, com até 5 mil reais? É claro que dá!
Caixa conserva alimentos de comunidades carentes sem geladeira
Saudita instala geladeira na rua para incentivar doação de alimentos

ver este postcomente

Na Espanha, agência emprega apenas sem-teto como guias de turismo Débora Spitzcovsky - 29/09/2014 às 09:00

agencia-turismo-emprega-sem-teto-guias-turisticos-560

Quer conhecer uma Espanha que não é descrita em nenhum livro de história ou guia de bolso? Então você não pode deixar de fazer um city tour por Barcelona com a agência de turismo Hidden City Tours . Criada pela consultora de pesquisa de mercado Lisa Grace, a empresa chega para movimentar o competitivo setor de turismo da Espanha com um diferencial: emprega, apenas, moradores em situação de rua para atuar como guias de turismo.

A ideia é oferecer aos turistas um passeio que mostre, muito além de história, o lado humano de Barcelona e, ao mesmo tempo, reinserir os sem-teto no mercado de trabalho. Afinal, quem melhor do que moradores em situação de rua para contar o que se passa em cada cantinho da cidade?

agencia-turismo-emprega-sem-teto-guias-turisticos-560-2

Ainda no começo, por enquanto a equipe do Hidden City Tours é formada por quatro ex-sem-teto: José R., Jamón, Juan e José F. Eles foram selecionados por Lisa em um abrigo para moradores de rua e passaram por treinamento de cerca de 80 horas para se profissionalizar para a atividade.

Os city tours são feitos em grupos pequenos de turistas, o que significa que quanto mais pessoas procurarem o serviço, mais sem-teto poderão ser beneficiados pela iniciativa. Mercado é o que não falta: Barcelona é a quarta cidade mais visitada da Europa. Por ano, cerca de 8 milhões de turistas passam pelo local, enquanto o número de pessoas que dormem na rua, todos os dias, é estimado em até 6 mil. Lisa deu um bom jeito de unir o útil ao generoso, não?

Assista, abaixo, ao vídeo oficial da Hidden City Tours. Partiu Espanha para conhecer (e espalhar) a iniciativa?

Leia também:
Moradores em situação de rua cultivam horta comunitária em abrigo
Brechó pendura agasalhos em árvores para moradores de rua se protegerem do frio
Mendigo Urbano: sem-teto à venda na web
Bicicloteca: bike itinerante doa livros a moradores de rua
Hortas em parques públicos para sem-teto

ver este postcomente

Artista transforma lixo em casas móveis para moradores de rua Marina Maciel - 12/05/2014 às 09:30

recycled-homeless-homes-project-gregory-kloehn-12

Gregory Kloehn é um artista especial. O norte-americano dedica boa parte do tempo garimpando lixo em busca de matéria-prima para seu trabalho mui nobre: construir casas móveis para moradores de rua.

Primeiro, o artista seleciona materiais recicláveis para as pequenas criações arquitetônicas, que custam menos de US$ 100 cada. Para isso, selecionou um bairro industrial de Oakland, na Califórnia, conhecido como ponto de despejo ilegal de resíduos sólidos.

Depois de realizar a coleta, projeta abrigos com os materiais disponíveis. Mas o artista garante: cada estrutura é única. Os únicos pontos comuns são o tamanho reduzido, as rodas – para que a casa possa ser empurrada com facilidade – e o telhado inclinado para não acumular água da chuva.

Nas fotos ao final do post, você pode ver como ele deu destino aos resíduos com criatividade. A fundação pode ser feita de pallets, a janela pode ser uma tampa de máquina de lavar, uma porta de geladeira pode se transformar na porta de entrada…

O trabalho é tão valorizado que Kloehn agora recruta voluntários para ajudar a construir as casas móveis. No site do Homeless Homes Project*, é possível se candidatar ou doar dinheiro para a causa.

artista-transforma-lixo-casa-moradores-rua-2

recycled-homeless-homes-project-gregory-kloehn-10

artista-transforma-lixo-casa-moradores-rua

recycled-homeless-homes-project-gregory-kloehn-1

*Homeless Homes Project

Leia também:
Celular reciclado denuncia desmatamento na floresta
Orquestra de jovens paraguaios faz música com materiais recicláveis
Menino de dez anos cria empresa de reciclagem e doa lucro para crianças sem-teto

Fotos: Divulgação/Brian J Reynolds

ver este postcomente

Blog da Redação

A redação do PLANETA SUSTENTÁVEL é um encontro de pessoas envolvidas com um grande desafio: trabalhar a sustentabilidade como um tema urgente, transversal e inspirador, tradutível em múltiplas linguagens e necessário para os diversos públicos. Aqui, a editora Mônica Nunes, as repórteres Marina Maciel Vanessa Daraya e a jornalista Suzana Camargo (que colabora com o Planeta desde 2009) indicam lugares imperdíveis da web e contam novidades e boas histórias sobre cultura, sociedade, meio ambiente, cidadania, mudanças climáticas, mobilidade, inovação, direitos humanos, economia verde e muito mais.

Mônica NunesEditora/Gerente de Conteúdo

Marina MacielRepórter

Suzana CamargoColaboradora

Vanessa DarayaRepórter

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Blog da Redação

Arquivos de posts