BLOGS |Blog da Redação

Tapetes usados viram bicicletas infantis Vanessa Daraya - 02/02/2015 às 09:00

Wishbone Design creates bikes from old carpets.

Você sabia que 5 bilhões de toneladas de tapete vão parar em aterros sanitários todos os anos? Por ser volumoso e fabricado a partir de uma grande combinação de materiais, é um produto considerado difícil de reciclar. Mas essa enorme quantidade de lixo pode, sim, ser reutilizada de maneira inusitada.

Prova disso é a bicicleta criada pelo casal de neozelandeses Jenny e Rich McIver, da Wishbone Design Studio*, empresa de design de produtos. Juntos, eles desenvolveram tecnologia capaz de transformar tapetes antigos em tubos rígidos muito úteis na fabricação de bicicletas para crianças.

Após três anos de muito trabalho, nasceu a Bike Recycled Edition, que – além de linda! – utiliza apenas de materiais reciclados.

O quadro da bicicleta é feito com restos de nylon de tapetes e de vidro, combinação de materiais que garantem força e rigidez à estrutura. O vidro é adicionado ao processo de reciclagem junto com a fibra do tapete para fortalecer a estrutura parecida com plástico e ajudar a moldar uma bicicleta rígida.

Outra coisa legal é que a bicicleta é adaptável para crianças de 12 meses a seis anos. Ou seja, é um produto durável que pode acompanhar boa fase do crescimento da garotada.

A bike pode ser ajustada de três formas diferentes:
- bike de três rodas (triciclo) e sem pedais para crianças pequenas;
- modelo com duas rodas (para a criança muito pequena sentir o que é uma bike de duas rodas e testar seu equilíbrio) e
- com duas rodas com pedais, para os mais velhos.
E ainda existe uma outra opção com marchas para quem é mais craque no ciclismo.

10247434_656302351090109_6758723791867032389_n

O kit completo da Bike Recycled Edition (3 rodas + 2 pedais) está à venda no site por 229 dólares e pode ser personalizado com adesivos. Mas, se a criança já é maior, não há necessidade da terceira roda; aí, a bike ideal é a mais simples (e mais barata): 199 dólares.

Curtiu a bike sustentável para a criançada? Conhece algum outro produto que recicla materiais de forma tão genial? Se sim, conte abaixo, nos comentários.

E você sabia que, em 1994, nos Estados Unidos, um cara genial chamado Ray Anderson inspirou todos os funcionários da empresa de tapetes que criou em 1973 – InterfaceFLOR – com o objetivo de acabar com o desperdício de água e energia, zerando seus impactos ambientais? Foi uma mudança radical de postura, inspirada no livro “A ecologia do comércio”, de Paul Hawken.

Além de usar material reciclado ou de origem orgânica na produção, Anderson reduziu em 70% as emissões de gases de efeito estufa de suas fábricas. Mas sua maior sacada foi contatar donos de carpetes antigos, mesmo que de empresas concorrentes, para reciclá-los. Uma decisão inédita e inspiradora, não é mesmo?

*Wishbone Design Studio

Leia também
Bicicleta de plástico reciclado produzida no Brasil
Viaje de bicicleta pelo Brasil e ganhe hospedagem por cinco dias
Aplicativo mapeia ciclovias e pontos de aluguel de bicicletas em SP

Foto: Divulgação/Wishbone

ver este postcomente

Viaje de bicicleta pelo Brasil e ganhe hospedagem por cinco dias Marina Maciel - 04/12/2014 às 09:00

viaje-bicicleta-brasil-ganhe-hospedagem-hostel-el-misti_560

Cama, comida e bicicleta guardada, na faixa. Esse é o incentivo da rede de hostels e pousadas El Misti* para quem quer se aventurar de bike pelo Brasil e ainda economizar o dinheirinho de cinco dias de hospedagem e café-da-manhã.

É tudo em nome da difusão da prática do cicloturismo. A iniciativa, batizada de Bikepackers, foi ideia do argentino fundador da rede, German Olano, que usa a magrela como principal meio de transporte.

Animou-se a pedalar na estrada? Para ganhar até cinco diárias gratuitas em cada um dos hostels da rede, é preciso provar – por meio de fotos, documentos e materiais – que está viajando de bicicleta. Até agora, são nove unidades: oito ficam no Rio de Janeiro (Búzios, Ilha Grande e Rio de Janeiro) e uma na Bahia (Salvador).

Podem participar do programa pessoas viajando sozinhas ou em grupo. Se for reserva individual, são cinco diárias em cada hostel. Já quem viaja em grupo tem direito a cinco diárias grátis para dividir entre todos como quiser.

Mas atenção! É preciso fazer reserva antecipada pela internet ou pelo telefone 0800 0202661.

*El Misti

Leia também:
“Adote uma Ponte” quer mais segurança para ciclistas e pedestres de SP
Aplicativo mapeia ciclovias e pontos de aluguel de bicicletas em SP
Presidente do Egito pede que população caminhe e use mais bicicleta
Elly Blue: ″EUA podem aprender com Brasil sobre mobilidade″

Foto: Reprodução/Facebook do El Misti

ver este postcomente

“Adote uma Ponte” quer mais segurança para ciclistas e pedestres de SP Marina Maciel - 18/09/2014 às 19:00

adote-uma-ponte-quer-melhorar-segurança-ciclistas-pedestres

Ponto para a cidade de São Paulo, em mobilidade urbana, pela ampliação das ciclovias! Até o final de 2015, a meta é chegar a 400 km de rotas para bicicletas. Porém, ciclistas têm encontrado alguns obstáculos no ir e vir diário: pontes e viadutos. Sem faixas exclusivas, resta a quem anda de bike se arriscar em meio aos carros, ônibus, motos e caminhões circulando em alta velocidade.

Pensando nisso, a Ciclocidade* (Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo) lançou campanha, chamada Adote uma Ponte*, para mobilizar a população a cobrar melhorias de segurança dessas travessias por meio de sinalização adequada, além de manutenção de calçadas, iluminação pública e paisagismo.

O projeto funciona assim: uma pessoa “adota” voluntariamente qualquer ponte ou viaduto da cidade e se compromete a produzir textos, vídeos e/ou fotos que revelem as condições de circulação de pessoas sem carro – sejam ciclistas, pedestres, cadeirantes ou outros usuários de veículos sem motor, como carrinhos de transporte de carga – nesses lugares.

Ficou interessado em participar? Basta navegar pelo mapa colaborativo, abaixo, escolher uma ponte ou viaduto e fazer registro:


Ver Mapa colaborativo das pontes de São Paulo num mapa maior

Ao final da campanha, todo o material produzido será entregue às autoridades para que os problemas sejam solucionados.

Aproveite para assistir ao vídeo de divulgação do projeto:

*Ciclocidade
*Adote uma Ponte

Leia também:
Aplicativo mapeia ciclovias e pontos de aluguel de bicicletas em SP
Presidente do Egito pede que população caminhe e use mais bicicleta
Elly Blue: ″EUA podem aprender com Brasil sobre mobilidade″

Foto: tcnbaggins/Creative Commons/Flickr

ver este postcomente

Blog da Redação

A redação do PLANETA SUSTENTÁVEL é um encontro de pessoas envolvidas com um grande desafio: trabalhar a sustentabilidade como um tema urgente, transversal e inspirador, tradutível em múltiplas linguagens e necessário para os diversos públicos. Aqui, a editora Mônica Nunes, as repórteres Marina Maciel Vanessa Daraya e a jornalista Suzana Camargo (que colabora com o Planeta desde 2009) indicam lugares imperdíveis da web e contam novidades e boas histórias sobre cultura, sociedade, meio ambiente, cidadania, mudanças climáticas, mobilidade, inovação, direitos humanos, economia verde e muito mais.

Mônica NunesEditora/Gerente de Conteúdo

Marina MacielRepórter

Suzana CamargoColaboradora

Vanessa DarayaRepórter

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Blog da Redação

Arquivos de posts