BLOGS |Blog da Redação

Secretaria Especial de Saúde Indígena: cobre dos senadores Thays Prado - 30/07/2010 às 18:31

O atendimento à saúde indígena, até então, sob a responsabilidade da Funasa – Fundação Nacional de Saúde, é alvo constante de críticas, especialmente em função dos surtos de malária e hepatite em diversas tribos. Por esse motivo, foi editada, em março deste ano, a Medida Provisória 483, que prevê a criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena.

Também consta no texto da MP a transformação das secretarias especiais de Direitos Humanos, de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e de Políticas para as Mulheres em ministérios.

Para que essas decisões seja efetivadas, basta, agora, que os senadores aprovem o PLV – Projeto de Lei de Conversão 08/2010, que contém as propostas da MP 483 e ainda retira da Funasa a responsabilidade sobre o atendimento básico à saúde dos povos indígenas.

O PLV já foi aprovado pela Câmara dos Deputados, no dia 7 de julho, e precisa ser votado no Senado até o dia 3 de agosto, próxima terça-feira, pois, no dia seguinte, expira o prazo da MP.

Por esse motivo, o Instituto Socioambiental realiza, até a data-limite, uma campanha via Twitter e Facebook e tem, em seu site, uma carta a ser assinada pelos cidadãos, pedindo aos senadores que aprovem o PVL. Participe!

ver este postcomente

Carregador sem fio para carros elétricos Thays Prado - 30/07/2010 às 16:43


A empresa norteamericana Evatran apresentou, na Conferência Plug In, que terminou ontem, em San Jose, no Canadá, o Plugless Power, um carregador sem fio para carros elétricos.

Quando o veículo é estacionado sobre o bloco que compõe o carregador, bobinas magnéticas são acionadas e se alinham a um adaptador que fica dentro do carro elétrico. Ao captar esse alinhamento, a torre posicionada ao lado do bloco cria nele um forte campo magnético que induz a geração de uma corrente que flui do bloco para o adaptador e carrega a bateria do carro.

O único problema é que o processo de indução tem, no máximo, 80% de eficiência, ou seja, 20% da energia gerada – e paga – se perde. O preço também não é nada barato. A primeira versão do carregador sem fio, que deve chegar ao mercado em abril do ano que vem, vai custar US$3.800, mais, pelo menos, US$500 para a instalação do adaptador no carro. Se bem que, nos Estados Unidos, é provável que os usuários consigam cerca de US$2.000 de volta em incentivos governamentais.

Será que no Brasil teríamos o mesmo estímulo para optar pelos veículos elétricos não-poluentes?

*Conferência Plug In
*Plugless Power

Siga o Planeta Sustentável:

ver este postcomente

Bicicletas feitas de bambu Thays Prado - 29/07/2010 às 11:58

O designer Craig Calfee, que já construiu bicicletas para grandes ciclistas profissionais teve a brilhante ideia de desenvolver o projeto Bamboosero, que ensina homens e mulheres pobres a construir bikes a partir de bambu – uma matéria-prima abundante na maioria dos países em desenvolvimento, forte, flexível e duradoura.

Ele usa a mesma lógica da metáfora sobre dar o peixe ou ensinar a pescar: “Dê a um homem um peixe, e ele terá o que comer por um dia”. “Ensine-o a pescar e ele vai poder alimentar a família por uma vida inteira”. E vai além: “Ensine-o as artes da pesca e ele poderá criar empregos para sua comunidade”. “Compre seus produtos e ele expande seu negócio e prospera”.

Se substituirmos “peixe” por “bicicleta” será fácil entender o propósito de Calfee. Ele faz a ponte entre os produtores de bikes em países pobres com compradores de várias partes do mundo. Além de empoderar pessoas carentes, a produção de bicicletas torna mais fácil o acesso da população local às escolas e aos locais de trabalho e lazer.

O projeto já existe em Gana, Zâmbia, Filipinas, Uganda e Nova Zelândia.

Veja como é feita a bicicleta de bambu (e sem o uso de eletricidade):

ver este postcomente

Blog da Redação

A redação do PLANETA SUSTENTÁVEL é um encontro de pessoas envolvidas com um grande desafio: trabalhar a sustentabilidade como um tema urgente, transversal e inspirador, tradutível em múltiplas linguagens e necessário para os diversos públicos. Aqui, a editora Mônica Nunes, as repórteres Marina Maciel Vanessa Daraya e a jornalista Suzana Camargo (que colabora com o Planeta desde 2009) indicam lugares imperdíveis da web e contam novidades e boas histórias sobre cultura, sociedade, meio ambiente, cidadania, mudanças climáticas, mobilidade, inovação, direitos humanos, economia verde e muito mais.

Mônica NunesEditora/Gerente de Conteúdo

Marina MacielRepórter

Suzana CamargoColaboradora

Vanessa DarayaRepórter

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Blog da Redação

Arquivos de posts