BLOGS |Blog da Redação

Mutirão encerra Guerreiros sem armas 2009 Planeta Sustentável - 30/01/2009 às 10:28

Você já tem programa para este sábado? Que tal ir até Santos ou ao Guarujá e, em vez de pegar uma praia, acompanhar de perto o trabalho dos Guerreiros sem armas em três comunidades carentes? Este será o último dia de trabalho dos 50 jovens que, no dia 10 de janeiro, desembarcaram ali.

Eles vieram de várias partes do mundo para trabalhar junto com as comunidades de Vila Alemoa e Vila dos Criadores, em Santos, e Prainha, no Guarujá. Durante vinte dias, eles identificaram as principais necessidades do local e puseram a mão na massa para melhorar a qualidade de vida dos moradores.

Entre as diversas iniciativas dos Guerreiros deste ano, estão a criação de novos pontos de luz nas comunidades, a construção de um parquinho para as crianças, o plantio de árvores, de uma horta e de um jardim e a pintura de um muro.

Os mutirões começam às 9h e vão até o fim da tarde. Os interessados podem ajudar doando materiais ou contribuindo com a própria mão de obra. Veja a lista do que dá para levar:
- tintas de diversas cores;
- terra;
- grama em rolo;
- mudas de plantas;
- pincéis;
- areia;
- cimento;
- tijolos;
- brinquedos para o parquinho;
- carrinho de mão;
- pá e
- enxada.

É bom não esquecer os lanches e a água, a capa de chuva, o sapato fechado ou a bota impermeável, luvas de obra e o filtro solar. Tenha um ótimo sábado solidário!

Se o seu fim de semana já estiver comprometido, você pode ligar ainda hoje para o Instituto Elos e doar algum dinheiro para que eles mesmos comprem os materiais. O telefone é (13) 3224-1276.

Confira os endereços das comunidades no blog do Guerreiros sem Armas.

*Foto: Biga Appes

Leia também:
Guerreiros sem armas e em ação
Guerreiros sem armas

ver este postcomente

Gincana das ruas Planeta Sustentável - 26/01/2009 às 17:16


Esqueça suas opiniões rotineiras sobre os lugares por onde passa diariamente. Andar pela cidade pode ser mais interessante, desafiador  e divertido do que parece. A experiência de aprendizado que surge a partir desse vasculhar do espaço urbano é uma das propostas da Gincana Global, um projeto do medialab Waag Society, da Holanda, em parceria com o MobileFest  – Festival Internacional de Criatividade Móvel – e com financiamento da Mondriaan Foundation, também holandesa.

Para entrar no jogo, a ferramenta básica é o 7Scenes, software desenvolvido pelo engenheiro Ronald Lenz e pela consultora pedagógica Rinske Hordijk, do Waag Society, que usa aparelhos celulares equipados com GPS para enviar perguntas sobre os locais por onde os participantes passam. Os temas são multidisciplinares e variam entre arquitetura, gastronomia, dança, linguagem, arte, moda, hábitos e rituais.

Esse conceito de sala de aula expandida já chegou a São Paulo. Na semana passada, dez estudantes entre 11 e 20 anos testaram essa mistura de jogo tradicional aliado à tecnologia móvel na avenida Paulista e no bairro da Vila Madalena, como projeto-piloto. A avenida foi escolhida por trazer possibilidade de resgates históricos enquanto que o bairro entrou na gincana pela concentração de grafites que exibe (foto).

Experiências semelhantes foram desenvolvidas em outros locais pelo Waag, como Nova York, Amsterdam, Hong Kong e Finlândia. Trazido ao Brasil pela MobileFest, o jogo ganhou o formato de gincana.

Os próximos passos primam por maior interação e intercâmbio cultural. Os idealizadores estão procurando por escolas em São Paulo e em Amsterdam para realizar o jogo entre estudantes das duas cidades. Os dispositivos envolvem vídeos, fotos e áudio. Quantas Havaianas os holandeses conseguem achar em determinada rua, fotografar e enviar para os brasileiros?

ver este postcomente

Novo portal sobre o clima Planeta Sustentável - 23/01/2009 às 19:07


O maior desafio do século 21 ganhou um portal exclusivo. O site Mudanças Climáticas*, em português, traz inúmeras informações sobre o tema através de pesquisas e trabalhos acadêmicos, depoimentos, vídeos, fotografias, artigos e entrevistas com especialistas no assunto.

A boa notícia é que, além de ajudar estudantes e interessados pelo tema, o site facilita a vida dos jornalistas que cobrem o assunto, já que o portal tem um banco de notícias especialmente voltado para a imprensa.

Entre as seções mais interessantes estão “Olhar em profundidade” e “Políticas não-governamentais”, que mostram que assim como somos afetados pelas mudanças climáticas, podemos todos fazer parte da sua solução. Mas o portal tem ainda muitas outras seções para o internauta navegar, sem contar com sites relacionados ao assunto que são sugeridos na home do Mudança Climática.

A ideia é da Agência de Notícia dos Direitos da Infância (Andi), juntamente com a Embaixada brasileira do Reino Unido e o Conselho Britânico.

* Site Mudanças Climáticas

ver este postcomente

Blog da Redação

A redação do PLANETA SUSTENTÁVEL é um encontro de pessoas envolvidas com um grande desafio: trabalhar a sustentabilidade como um tema urgente, transversal e inspirador, tradutível em múltiplas linguagens e necessário para os diversos públicos. Aqui, a editora Mônica Nunes, as repórteres Marina Maciel Vanessa Daraya e a jornalista Suzana Camargo (que colabora com o Planeta desde 2009) indicam lugares imperdíveis da web e contam novidades e boas histórias sobre cultura, sociedade, meio ambiente, cidadania, mudanças climáticas, mobilidade, inovação, direitos humanos, economia verde e muito mais.

Mônica NunesEditora/Gerente de Conteúdo

Marina MacielRepórter

Suzana CamargoColaboradora

Vanessa DarayaRepórter

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Blog da Redação

Arquivos de posts