BLOGS |Blog da Redação

O Brasil está ficando velho Planeta Sustentável - 28/03/2008 às 19:26

Saiu na última publicação dos Cadernos de Saúde Pública*: a população do Brasil está envelhecendo rapidamente. Se, em 1970, apenas 3% dos brasileiros tinham mais de 65 anos, até 2050, 19% serão idosos – sendo que 28% deles terão mais de 80 anos. Em contrapartida, o número de jovens, que crescia cerca de 3% ao ano na década de 60, hoje, está estagnado e tende a ser cada vez menor.

O estudo denominado “A transição da estrutura etária da população brasileira na primeira metade do século XXI” – realizado pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – é um alerta para os responsáveis pelo desenvolvimento de políticas públicas.

Segundo a pesquisa, o país está em um momento demográfico favorável, já que a população idosa ainda não onera tanto o Estado e o peso dos jovens vem diminuindo, na medida em que um mesmo valor investido nessa faixa da população representa um volume maior de recursos per capita.

Nesse contexto, seria interessante, então, aproveitar para investir na população jovem – especialmente em educação – pois é ela quem vai gerar recursos para o país no futuro e poderá proporcionar uma melhor qualidade de vida para nossos idosos.Também há que se dedicar atenção à saúde e à previdência privada, pois essas serão demandas cada vez maiores daqui pra frente.

O quadro mostrado pelo estudo sugere que velhice e juventude estão diretamente relacionadas e medidas que beneficiam um lado, se refletem positivamente no outro. Assim como na imagem acima.

* Cadernos de Saúde Pública

ver este postcomente

405 Km² de gelo se desintegram na Antártida Planeta Sustentável - 26/03/2008 às 17:50


A má notícia foi dada, ontem, pelo Centro Nacional da Neve e Gelo da Universidade do Colorado* (NSIDC, na sigla em inglês): a plataforma de Wilkins, com uma extensão de 13.680 km², a maior da Antártida, começa a desmoronar. O alerta sobre a situação veio no último dia 28 de fevereiro, quando um iceberg de 41 km por 2,5 Km – em movimento até hoje – se desprendeu da Wilkins.

A conseqüência disso foi a aceleração no processo de desintegração de uma área de 405 km² na beirada da plataforma (que aparece na imagem divulgada pelo NSIDC – acima – em cor mais azulada). Agora, apenas 6 km de gelo evitam que o desmoronamento siga plataforma adentro.

O que mais preocupa é que não se trata de mais um rompimento normal de gelo, como acontece com os icebergs: a camada está se pulverizando e derretendo (veja imagens e vídeo captado pela BAS – British Antarctic Survey). Apesar de isso não significar um aumento no nível dos oceanos – pois o gelo já ocupava espaço no mar –, o fenômeno indica que o aquecimento global está fazendo seus estragos. De acordo com o release divulgado pela NSIDC, a região Oeste da Antártida, onde se localiza a plataforma, sofreu o maior aumento de temperatura do globo nos últimos 50 anos – cerca de 0,5ºC por década!

Durante séculos, as plataformas da península Antártida se mantiveram estáveis, mas, nos anos 90, começaram a derreter. A maior deterioração da Wilkins aconteceu em 1998, quando 1000 km² de gelo se perderam em poucos meses.

E essa não é propriamente uma exceção. Em 2002, a plataforma Larsen B desapareceu em apenas 30 dias! Nos últimos 30 anos, várias plataformas entraram em colapso, sendo que seis delas desapareceram completamente. Como o verão na Antártida está chegando ao fim, a Wilkins não deve continuar nesse processo nos próximos meses, mas nada garante que isso não volte a acontecer em janeiro do ano que vem.

Quem é que vai pagar para ver?

* Centro Nacional da Neve e Gelo da Universidade do Colorado

ver este postcomente

Boicote à abertura das Olimpíadas Planeta Sustentável - 19/03/2008 às 19:38


É isso o que a RSF – Repórteres sem Fronteiras* propõe aos países, governantes e famílias reais, para o dia 8 de agosto, em Pequim. Indignados com a constante violação dos direitos humanos na China e a censura ferrenha aos meios de comunicação, os integrantes do movimento alegam que o país não cumpriu nenhuma das promessas de melhoria das condições humanas feitas em 2001 – quando foi escolhido para sediar as Olimpíadas de 2008. Segundo a organização, o príncipe Charles já declarou que não vai comparecer à abertura dos jogos.

“Não queremos privar os atletas e nem o público do maior evento esportivo”, defende a RSF. Mas, para eles, não dá para não se manifestar contra o autoritarismo do governo. Apesar de concordarem que o Comitê Olímpico Internacional não é uma ferramenta política, os Repórteres sem Fronteiras acreditam que o espírito das Olimpíadas é o respeito aos direitos humanos e, por isso, o órgão não pode se manter passivo diante das violações dos direitos básicos de milhares de pessoas – sob pena de parecer cúmplice do governo chinês.

Atualmente, há cerca de 100 jornalistas e produtores de conteúdo para internet presos, na China, por se manifestarem contrários ao regime. Desde o dia 12 de março, os jornalistas estrangeiros estão proibidos de visitar o Tibet e foram expulsos das províncias vizinhas. A imprensa chinesa é submetida a um Departamento de Comunicação e vários sites estão bloqueados para os internautas do país.

* RSF – Repórteres sem Fronteiras

ver este postcomente

Blog da Redação

A redação do PLANETA SUSTENTÁVEL é um encontro de pessoas envolvidas com um grande desafio: trabalhar a sustentabilidade como um tema urgente, transversal e inspirador, tradutível em múltiplas linguagens e necessário para os diversos públicos. Aqui, a editora Mônica Nunes, as repórteres Marina Maciel Vanessa Daraya e a jornalista Suzana Camargo (que colabora com o Planeta desde 2009) indicam lugares imperdíveis da web e contam novidades e boas histórias sobre cultura, sociedade, meio ambiente, cidadania, mudanças climáticas, mobilidade, inovação, direitos humanos, economia verde e muito mais.

Mônica NunesEditora/Gerente de Conteúdo

Marina MacielRepórter

Suzana CamargoColaboradora

Vanessa DarayaRepórter

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Posts anteriores

Receba as noticías mais recentes

assine RSS Blog da Redação

Arquivos de posts