GALERIA

25 números chocantes sobre a água no Brasil e no mundo

O Dia Mundial da Água, celebrado anualmente em 22 de março, é um marco para chamar a atenção da sociedade para a conservação deste recurso tão precioso e cada vez mais escasso. Veja a seguir 25 dados que mostram porque ainda faltam motivos para comemorar

Vanessa Barbosa
Exame.com - 22/03/2013

Getty Images

2.5 BILHÕES
Número de pessoas que não têm acesso ao saneamento básico adequado. Isso é quase 2/5 da população mundial. Mudar esse cenário é fundamental para promover a saúde e o desenvolvimento humano.

Getty Images

1,6 BILHÃO
de pessoas vivem em regiões que sofrem com escassez absoluta de água pelo menos uma vez por ano. Até 2025, dois terços da população mundial pode ser afetada pelas condições críticas de água. Nessas regiões, mulheres e crianças são as mais afetadas.

Getty Images

6 km
Essa é a distância que mulheres e meninas percorrem em média nas localidades rurais para buscar água nas regiões mais sedentas do mundo. E voltam carregando mais de 20 litros.

Getty Images

783 MILHÕES
de pessoas (11% da população mundial) ainda não têm acesso à água potável no mundo. Destas, 119 milhões vivem na China e 97 milhões vivem na Índia.

Getty Images

80%
de doenças em países em desenvolvimento são causadas por água não potável e saneamento precário, incluindo instalações de saneamento inadequadas.

Getty Images

20 SEGUNDOS
A cada 20 segundos, uma criança morre de doenças diarreicas, em grande parte evitáveis por meio de saneamento adequado, melhor higiene e acesso a água segura. Por ano, 1,5 milhão de crianças morrem do mesmo problema.

Getty Images

3,5 MILHÕES
Todos os anos, 3,5 milhões de pessoas morrem no mundo por problemas relacionados ao fornecimento inadequado da água, à falta de saneamento e à ausência de políticas de higiene, segundo a ONU.

Getty Images

217 MIL
trabalhadores precisam se afastar de suas atividades devido a problemas gastrointestinais ligados a falta de saneamento. A cada afastamento perdem-se 17 horas de trabalho.

Marcelo Camargo/ABr

829 MILHÕES
Número estimado de pessoas no mundo que viverão em condições de favela, faltando serviços básicos como água potável e saneamento. Atualmente, 828 milhões se encontram nessa situação, número que aumenta 6% a cada ano.

Rafael Gómez / Creative Commons

35 LITROS
Só 35 L de cada 100 L recebem tratamento adequado na Síria. Segundo a Unicef, as operações de tratamento de água caíram pela metade desde o início dos conflitos armados na região. Os habitantes têm recebido normalmente 25 litros de água no lugar dos 75 fornecidos há dois anos. Em geral, os conflitos aumentam a pressão sobre este recurso.

Greenpeace

68 mil km²
Na esteira da polêmica sobre os mais de 13 mil porcos mortos encontrados nos rios da China, um relatório da Administração Estatal de Oceanos do país revelou a poluição das águas costeiras do país aumentou 180% em um ano. A área afetada soma 68 mil km².

Klearchos Kapoutsis / Creative Commons

2030
Ano até quando a demanda de água no mundo deverá exceder em 40% a oferta, por causa das mudanças climáticas e o crescimento da população. Em paralelo, o mundo precisará de ao menos 50% a mais de alimentos e 45% a mais de energia.

Reto Fetz / Creative Commons

70%
de todo recurso hídrico consumido no mundo é usado pela agricultura. Segundo estudos da ONU, a eficiência da irrigação e a reutilização da água podem ser aumentadas em cerca de um terço com a tecnologia existente.

Mitchell/Getty Images

15.400 LITROS
Este é, em média, o volume de água necessário para produzir 1 kg de carne bovina no mundo. Mas a chamada pegada hídrica da carne pode variar, dependendo de fatores como o tipo de sistema de produção e da composição e origem da alimentação do gado.

Lone Primate / Creative Commons

75 LITROS
Esse aí é o volume de recurso hídrico necessário para produzir nada mais do que 250 ml (um copo) de cerveja, na média global. Sendo que 90% dessa água está ligada ao cultivo das culturas envolvidas, como a cevada.

Getty Images

540 LITROS
Volume de água consumido por um único americano por dia. Isso equivale à quantidade de água necessária para produzir um quilo de papel. Segundo a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de cerca de 110 litros de água por dia para suas necessidades básicas diárias.

Sanja Gjenero / Stock Xchng

159 LITROS
Volume médio de água consumido por um brasileiro. A região com menor consumo é a Nordeste, com 117 litros por habitante por dia; já a região com maior consumo é a região Sudeste, com 186 litros por habitante por dia.

Agência Brasil

19 MILHÕES
Esse é o número de brasileiros que ainda não tem acesso à água tratada. Isso é quase 10% da população. E 45% dos domicílios não possuem esgotamento adequado.

Stock.XCHNG

5,4 BILHÕES DE LITROS
5,4 bilhões de litros de esgoto não tratado no Brasil são descartados diariamente sem nenhum cuidado no meio ambiente, contaminando solo, rios, mananciais e praias do país inteiro, sem contar nos danos diretos que esse tipo de prática causa à saúde da população.

Divulgação

35,7 LITROS
De cada 100l, em média, se perdem no caminho entre a estação de tratamento e a casa do brasileiro por conta de ligações clandestinas, vazamentos, medições erradas ou obras mal executadas. A título de comparação, na Europa, essa taxa é de 15% e no Japão, de apenas 3%.

Rodrigo Amorim / Creative Commons

R$ 1,3 BILHÃO
É o que a redução de apenas 10% nas perdas na rede de abastecimento no País agregaria à receita operacional com a água. Isso equivale a quase metade do investimento feito em abastecimento de água no ano de 2010.

Stock.XCHNG

6 MILHÕES DE BRASILEIROS
Deu descarga hoje? Quase seis milhões de brasileiros não conseguem executar esta simples ação cotidiana por que não possuem banheiro ou sanitário dentro de casa. São brasileiros que para poder fazer suas necessidades biológicas básicas precisam sair de casa, segundo o Censo 2010.

Divulgação

45 MILHÕES DE PISCINAS OLÍMPICAS Ou 112 trilhões de litros de água doce. Esse é o volume de recurso hídrico que o Brasil usa para produzir as commodities agrícolas que exporta, como soja, café, açúcar e carne. Segundo a Unesco, o país é o quarto maior exportador de "água virtual" do mundo, perdendo só para os EUA, China e Índia.

Gabriel Rocha / Creative Commons

48%
Você se preocupa em fechar a torneira ao escovar os dentes ou tomar banhos rápidos? Pois 48% da população brasileira não está nem aí para a economia deste recurso, segundo um estudo feito pela WWF Internacional. Entretanto, 68% admitem que a principal causa para o problema da escassez de água no mundo é o desperdício.

João Ramid/Veja

R$ 50 BILHÕES É quanto o Brasil precisa investir para proteger os mananciais superficiais de águas usados como fonte de captação para abastecimento urbano em pelo menos metade dos municípios, segundo estudo realizado pela Agência Nacional de Águas (ANA).

|